Tênis/Aberto da Austrália

Após apagão no 1º set, Federer supera Bolelli e avança a terceira rodada

GazetaEsportiva.net - Melbourne , - Austrália
21/01/2015 06:37:00

Em: Mais Esportes, Tênis

Na madrugada desta quarta-feira, Roger Federer, atual número 2 do mundo, pôde comemorar sua 1002ª vitória em torneios da ATP. Depois de começar mal a partida contra o italiano Simone Bolelli, perdendo por 6 a 3, o suíço recuperou o fôlego, devolveu o 6/3 e emendou um duplo 6/2 para fechar o jogo em 3 sets a 1 contra o número 48 do ranking em pouco mais de duas horas de partida em Melbourne.

Depois de passar fácil pelo taiwanês Yen-Hsun Lu em sua estreia no Aberto da Austrália, vencendo o tenista de número 47 do mundo por 3 sets a 0, Roger Federer encontrou um pouco mais de dificuldades contra Bolelli para chegar a terceira rodada. Com muita constância nas trocas de bola, sobretudo no primeiro set, o italiano conseguiu equiparar seu jogo ao de Federer a partir das trocas de bola no fundo da quadra, levando a melhor em mais da metade dos ralis.

O segundo set, jogado em 33 minutos assim como o primeiro, mostrou Federer determinado a recuperar a desvantagem no placar. Com um aproveitamento muito bom nos saques, o número 2 do mundo acumulou 15 aces ao longo da partida contra seis do adversário. A partir do primeiro serviço, o suíço ganhou 79% dos pontos. Cometendo poucos erros não forçados (23 ao longo de quatro sets), Roger Federer devolveu a parcial de 6 a 3 e igualou o placar.

Federer perde primeiro set, mas consegue se recuperar contra Bolelli e virar o jogo para avançar em Melbourne (Foto:Paul Crock)
Federer perde primeiro set, mas consegue se recuperar contra Bolelli e virar o jogo para avançar em Melbourne (Foto:Paul Crock) – Credito: AFP

Mantendo a regularidade, que é sua principal característica dentro da quadra, Federer se manteve seguro no saque e conseguiu emplacar um duplo 6/2 para fechar o jogo. Se na estreia Federer venceu por 3 a 0, mas teve que encarar um terceiro set que terminou em 7 a 5, em seu segundo jogo teve de disputar um set a mais do que o planejado, já que a principal estratégia do suíço para vencer mais um Grand Slam – já acumula 17 conquistas – é se desgastar o mínimo possível nas primeiras rodadas, tendo em vista os problemas físicos que teve em 2014, tendo que abdicar do Aberto dos Estados Unidos para conseguir disputar a Copa Davis pela Suíça.

Na terceira rodada, Federer aguarda o vencedor do jogo entre o francês Jeremy Chardy, cabeça de chave número 29, e Andreas Seppi, contra quem Federer já jogou dez vezes e não perdeu nenhuma. O retrospecto contra Chardy é um pouco mais apertado: duas vitórias do suíço contra uma do francês.