Antes de Wimbledon, técnico exigiu que Djokovic rompesse com guru

São Paulo, SP

23-07-2018 17:33:30

Depois de quase cogitar a aposentadoria devido aos maus resultados, Novak Djokovic conseguiu, de forma surpreendente e memorável, vencer pela quarta vez na carreira o torneio de Wimbledon. No entanto, a conquista só aconteceu graças ao retorno do técnico Marian Vajda, que afirmou em entrevista ao site eslovaco "Šport.sk", que exigiu que o sérvio cortasse relação com o guru espanhol Pepe Imaz que acompanhava-o nas preparações e durante os jogos para retomar a parceira vencedora.

"Eu queria (que o trabalho com Pepe parasse), porém não era minha prioridade número 1 naquele momento. Eu não desejava que o Novak (Djokovic) fosse influenciado por pessoas que sabem o que é tênis, mas não tem noção sobre o psicológico de um atleta de alta performance.Por isso, a primeira coisa que eu queria fazer era conversar com o Novak pessoalmente. Tênis não pode ser baseado em filosofia. É um esporte de homem contra homem. Nós trabalhamos muito e conseguiu de forma espetacular vencer Wimbledon novamente", afirmou Marian Vajda.

Juntos desde o início de carreira, Djojkovic e Vajda romperam a parceira em abril do ano passado, após 11 anos de parceria. Pouco tempo depois, o ex-número um do mundo anunciou a chegada de Andre Agassi na sua comissão técnica, relação que durou apenas 10 meses devido aos maus resultados. Durante todo esse tempo, o guru espanhol continuou ao lado do sérvio durante as partidas.

"Se você quer ser realmente o melhor, você faz isso com repetições nos treinos, durante os jogos e uma mentalidade extremamente forte. Quando você se deparar com o outro lado (da quadra), tem que concentrar em tirar o adversário da posição, decidir onde jogar a bola, e não ficar pensando em Buda. Fico muito feliz que conseguimos conversar e manter essas prioridades", continuou o treinador de Djokovic.

Por fim, Vajda falou sobre a mudança que ele e a comissão técnica tiveram para que Djokovic conseguisse melhorar seu desempenho em quadra. "Novak é um atleta excepcional, tem um tem um tipo de corpo ideal para o tênis, com ótimas fibras musculares. Apesar da dieta dele ser majoritariamente vegetariana, ele também precisava da proteína animal. Sem ela, não teria como melhorar nesse quesito. Ele recebeu a nutrição correta e seus músculos estão perfeitos, fisicamente ele se sente ótimo agora".

Deixe seu comentário