Mais Esportes/Tênis

Antes de encarar Wozniacki, Sharapova joga responsabilidade para rival

São Paulo , SP
16/01/2019 16:35:55

Em: Mais Esportes, Notícias, Tênis

Na madrugada desta quinta-feira no Brasil acontece um grande confronto já na terceira rodada do Australian Open. Maria Sharapova e Caroline Wozniacki medem força e apenas uma seguirá com chance de vencer mais um Grand Slam na carreira. No entanto, para o lado da russa, já são quase cinco anos sem conquistar um campeonato dessa categoria, enquanto a dinamarquesa, atual número 3 do mundo defende o título na Austrália.

Sharapova sabe que adversária é forte (Foto: Paul Crock/AFP)

Para se livrar de qualquer pressão, Sharapova tratou logo de jogar a responsabilidade para a adversária, que vem em um momento melhor. “No papel, se você olhar números, sim, absolutamente. Ela é a número 3 do mundo e a atual campeã do torneio. Não é nenhum segredo que ela adora jogar aqui e ama as condições. Será um jogo difícil, mas eu preparei para o desafio, então estou disposta a enfrentá-la”, disse a russa.

“Acho que os resultados dela, especificamente no ano passado, falam pelo seu jogo e sobre como ela tem sido capaz de elevar seu nível. É sempre uma partida muito física. Ela manda muitas bolas de volta e é incrivelmente sólida. Faz muitas coisas bem. E na temporada passada, eu joguei apenas 11 torneios. O que eu realmente quero são partidas. Quando você é número 30 ou 31 do mundo, você pode enfrentar uma jogadora top na terceira rodada. É assim que os cabeças de chave funcionam”.

Para chegar à terceria rodada, Sharapova superou a sueca Rebecca Peterson por 6/2 e 6/1. E mesmo sem ter trabalho nas duas primeiras rodadas, sem ter nenhum saque quebrado até o momento, ela acredita que pode evoluir ainda.  “Eu acho que certamente há coisas que eu quero melhorar. Fico feliz com a maneira como me concentrei durante todo o jogo. Como eu disse, os dois jogos foram muito diferentes. Não é fácil começar um jogo às 11 da manhã, e pouco mais de 48 horas depois começar outro jogo um pouco antes da meia-noite”, finalizou.