Wilson vira e vence Medina na final da etapa do Taiti de surfe

São Paulo, SP

13-08-2017 23:02:08

Gabriel Medina chegou muito perto, mas não conseguiu ficar com o título na etapa do Taiti do Mundial de Surfe. Neste domingo, o brasileiro alcançou a disputa da final, chegou a ter uma boa vantagem, mas acabou sofrendo a virada do australiano Julian Wilson, que garantiu a conquista em Teahupo'o.

A disputa na grande final da sétima etapa do calendário da WSL foi em alto nível. Gabriel Medina conseguiu boas notas durante a bateria da decisão, inclusive colocando o australiano em uma combinação. Julian Wilson, porém, foi frio para buscar a virada e, com uma nota 9.73, conseguiu o título no Taiti. No fim, o brasileiro acabou com uma somatória de 17.87 (8.67 + 9.20). Já Wilson terminou com 18.96 (9.23 + 9.73).

A conquista foi a primeira de Julian Wilson no Taiti, já que o australiano sequer havia chegado na final desta etapa em sua carreira. Já Gabriel Medina mostrou mais uma vez como seu surfe encaixa em Teahupo'o. Nos últimos quatro anos, o brasileiro chegou a três finais, com dois vice-campeonatos e um título, conquistado em 2014.

A disputa no Taiti na temporada de 2017 do Mundial de Surfe surpreendeu pela velocidade com que a etapa acabou. Sem previsões de boas ondas a sequência da semana, a organização do evento optou por terminar a disputa em apenas três dias.

Julian Wilson ficou com o título no Taiti (Foto: Kelly Cestari/WSL)

Neste domingo, a disputa teve início ainda no quinto round, nas repescagens para as fases finais. O caminho de Gabriel Medina teve início com o australiano Connor O'Leary na quinta fase. Logo depois, o brasileiro enfrentou Owen Wright nas quartas, outro surfista da Austrália e que briga pelo título da temporada. Já nas semis, Medina havia eliminada o norte-americano Kolohe Andino.

Já Julian Wilson eliminou o australiano Adrian Buchan na quinta fase, o francês Joan Duru nas quartas e o sul-africano Jordy Smith nas semis, este último também é um dos nomes na briga pelo título em 2017.

Com o encerramento das disputas no Taiti, o sul-africano Jordy Smith assumiu a ponta do disputado Mundial de 2017, com 37.850 pontos. O segundo colocado é o havaiano John John Florence, com 36.900, enquanto o australiano Matt Wilkinson é o terceiro, com 35.950. O brasileiro melhor colocado é Adriano de Souza, o Mineirinho, no sexto lugar com 29.650. Vencedor em Teahupo'o, Julian Wilson é o quinto, com 33,200. Já Gabriel Medina é o oitavo, com 26.000.

A próxima etapa do Mundial de Surfe será disputada em Lower Trestles, na California, Estados Unidos. A janela de disputas terá início no dia 06 de setembro.

Oito primeiros colocados após sete etapas do Mundial de Surfe:

1º Jordy Smith(AFS) - 37,850
2º John John Florence(HAV) - 36,900
3º Matt Wilkinson(AUS) - 35,950
4º Owen Wright(AUS) - 35,350
5º Julian Wilson(AUS) - 33,200
6º Adriano de Souza(BRA) - 29,650
7º Gabriel Medina(BRA) 29,000
8º Joel Parkinson(AUS) - 26,150

Deixe seu comentário