Tubarão volta a aparecer em Jeffreys Bay e paralisa etapa do Mundial

São Paulo, SP

03-07-2018 11:57:32

Nesta terça-feira acontece o segundo dia de disputas na etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul. E um susto chamou a atenção no final da bateria da terceira rodada entre o australiano Adrian Buchan e o americano Conner Coffin: um tubarão apareceu na água e paralisou a realização da etapa.

Está não é a primeira vez que um tubarão é visto neste local. Em 2015, o tricampeão mundial Mick Fanning foi atacado por um animal e, felizmente, acabou saindo ileso. No ano passado, tubarões já foram responsáveis por duas paralisações durante a etapa. Primeiro, durante a bateria de Filipe Toledo contra Jordy Smith (AFS) e Julian Wilson (AUS), dois tubarões foram avistados na água próximos dos surfistas. Posteriormente, quando Gabriel Medina e Mick Fanning disputavam as quartas de final outro animal foi percebido perto dos surfistas, suspendendo a disputa temporariamente.

https://twitter.com/wsl/status/1014145447785402368

"Um tubarão foi visto, e, então, a bateria foi interrompida. Segurança é prioridade para a WSL e a organização está em constante comunicação com os atletas e organizadores do evento. Vamos providenciar uma atualização sobre a continuação da bateria", informou a Liga Mundial de Surfe.

Após alguns minutos o tubarão foi avistado a cerca de um quilômetro de distancia de onde o evento vem sendo realizado e a prova foi retomada para a disputa da bateria entre o brasileiro Tomas Hermes e o sul-africano Jordy Smith.

Vale lembrar que a etapa Margaret River desta temporada já havia sido cancelada após dois ataques de tubarões terem acontecido em menos de 24 horas. Na ocasião, o cancelamento da etapa foi um pedido dos próprios surfistas, que afirmaram não estar se sentindo seguros naquele momento.

Deixe seu comentário