Surfe/Olimpíadas 2020

Medina exalta surfe nas Olimpíadas e “momento incrível” do Brasil

Enrico Liberatori* - São Paulo , SP
15/03/2019 07:00:44

Em: Mais Esportes, Olimpíadas 2020, Surfe

A temporada de 2019 do surfe promete ser a melhor dos últimos tempos. Além do título mundial, o circuito da WSL dará aos melhores surfistas uma vaga nos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, no Japão. Será o primeiro torneio olímpico da modalidade, adicionada aos Jogos ao lado de skate, escalada, caratê e beisebol/softbol.

Cada país terá direito a duas inscrições por gênero nas Olimpíadas. Ou seja, o Brasil deixará de fora alguns dos principais surfistas da atualidade. Em coletiva cedida na última quinta-feira, o atual campeão mundial Gabriel Medina destacou o alto nível do surfe brasileiro.

Para Medina, o surfe “chegou para ficar” nas Olimpíadas (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“O surfe brasileiro está vivendo um momento incrível. Esse último ano teve eu, Filipinho [Filipe Toledo] e Ítalo [Ferreira] disputando o título mundial. A gente nunca teve isso”, disse Medina. “Fico feliz de fazer parte dessa geração. Acho que daqui para frente vão entrar mais brasileiros no circuito. O Brasil vem forte. É o melhor momento que a gente já teve no surfe”.

Medina também exaltou a inclusão do surfe entre os esportes olímpicos. “Surfe e skate são dois esportes que vieram para ficar”. “O surfe era para estar nas Olimpíadas faz tempo, finalmente deu certo. Todo mundo no circuito sabe da importância que é o surfe nas Olimpíadas e está bem ansioso e animado”.

Veja também: Medina espera concorrência forte no “ano mais importante” da carreira

O bicampeão mundial destacou a diferença entre a WSL e as Olimpíadas. “Vai ser diferente. A gente está acostumado a competir o verão todo em busca do título mundial, e nas Olimpíadas a gente tem uma chance a cada quatro anos. Vai ser interessante, eu estou animado e não vejo a hora de fazer parte”.

A temporada de 2019 da WSL, que definirá os classificados para o primeiro torneio de surfe dos Jogos Olímpicos, está a menos de três semanas de começar. A primeira etapa da temporada, que acontece em Gold Coast, na Austrália, será disputada a partir do dia 3 de abril.

*Especial para a Gazeta Esportiva