Medina elogia piscina de Slater e vê expediente como opção para 2020

Bruno Ceccon - São Sebastião,SP

30-09-2017 09:00:56


A piscina com ondas artificias desenvolvida pelo norte-americano Kelly Slater recebeu alguns dos principais surfistas do Circuito Mundial na semana passada. Ganhador do Future Classic, primeiro campeonato realizado no local, o brasileiro Gabriel Medina vê o expediente como alternativa para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Dono de 11 títulos mundiais, o surfista dos Estados Unidos, por meio da Kelly Slater Wave Company, criou uma piscina com ondas artificias na localidade de Lemoore, Califórnia. Algoz do compatriota Filipe Toledo na final do evento, chancelado pela World Surf League (WSL), Medina ficou fascinado.

“Eu achei a onda demais, muito parecida com as do mar. É claro que, no começo, estava um pouco perdido, mas, com o treino, acho que dá para ficar bom naquele tipo de onda”, declarou o brasileiro na sede do instituto que leva seu nome, na praia de Maresias.

De forma inédita, o surfe foi incluído no programa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Os japoneses já sinalizaram que desejam promover a disputa no mar, mas uma piscina com ondas artificias, nos moldes do empreendimento de Kelly Slater, pode servir como alternativa, na visão de Gabriel Medina.

https://youtu.be/dr9aQ4qvciQ

“Acho que havia alguns japoneses envolvidos com as Olimpíadas observando. Provavelmente, vai ter uma piscina lá (em Tóquio). Eles deixaram claro que querem usar o mar, mas, caso não tenha onda... Nas Olimpíadas, precisa de dia marcado (para competir). Não é como no Circuito, em que temos 12 dias e escolhemos os três melhores. É um pouco mais complicado”, analisou.

Gabriel Medina conquistou a edição de 2014 do Circuito Mundial, feito até então inédito para um brasileiro. Com apenas 23 anos de idade, o surfista radicado em São Sebastião já manifestou o desejo de brigar pela medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Com 30,750 pontos, Medina atualmente ocupa o oitavo lugar na lista de classificação do Circuito Mundial, liderado pelo sul-africano Jordy Smith (45,850). A nona das 12 etapas do calendário será realizada entre os dias 7 e 18 de outubro, na localidade francesa de Landes.

Deixe seu comentário