Gazeta Esportiva

Fanning ainda não sabe se compete em Tóquio 2020

São Paulo, SP

16/10/17 | 11:23

O australiano é dono do título mundial de 2007, 2009 e 2013. (Foto: Kristin Scholtz/ WSL)

Dono de três títulos mundiais de surfe, o australiano Mick Fanning ainda não decidiu se entrará no mar japonês nas próximas Olimpíadas. Entusiasta dos Jogos, o surfista não esconde a vontade de estar em Tóquio, entretanto, destacou o anseio de ser técnico da equipe de seu país.

"Eu acho que não descartaria a possibilidade de competir em 2020, mas há tantos talentos no momento e acho que, até 2020, haverá melhores perspectivas de medalhas para a Austrália", afirmou. "Se esse for o caso, eu adoraria ajudar uma equipe australiana em um papel de treinador".

O surfe foi incluído pelo Comitê Olímpico Internacional justamente nos Jogos de Tóquio. "Eu sou um grande fã de esportes e eu sempre gosto de assistir às Olimpíadas, então estou ansioso para ver que tipo de atuação e pressão teremos", disse o campeão mundial de 2007, 2009 e 2013.

O atleta ainda acredita que a grande audiência olímpica pode atrair novos fãs para a Liga de Surfe Mundial (WSL). Fanning defende que o surfe é exclusivo e diferente de todas modalidades. “Não existem muitos esportes em que o atleta luta contra a natureza, como na nossa modalidade”, ressalta.

 

Deixe seu comentário