Em dia inspirado, Medina bate Ítalo e é campeão da etapa de J-Bay

São Paulo, SP

19-07-2019 10:45:27

Era a primeira decisão 100% brasileira da história da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe, na África do Sul. Atual campeão, Gabriel Medina deu show nos últimos minutos e ficou com o título, seu primeiro no país, após ter anotado 19.50 pontos, de um máximo de 20, contra 16.77 do oponente, Ítalo Ferreira.

Logo no início, Ítalo anotou 9.10 na primeira onda da bateria, que não foi respondida à altura por Medina por algum tempo. No entanto, quando veio, veio com tudo: ele devolveu com 9.73 após uma sequência de manobras e encostou no adversário.

Na reta final, Ítalo conseguiu um 7.67 e Medina não fez outra coisa senão trabalhar - e trabalhar muito bem. Em outra onda incrível, ele fez um tubo espetacular e anotou 9.77, somando 9.50 e conquistando a taça. Com esse resultado, Medina é o primeiro goofy (base em que se anda com o pé direito na frente) campeão em Jeffreys Bay desde a primeira etapa sul-africana do surfe mundial, em 1984.

Ao fim dessa etapa, Medina subiu uma posição (do oitavo para o sétimo), Ítalo Ferreira subiu da sexta à quarta posição e Filipe Toledo, que caiu na semifinal, ficou com a segunda posição, atrás apenas de Kolohe Andino no ranking mundial.

Confira as baterias do dia que fecharam a etapa J-Bay:

Quartas-de-final (masculino)
1. Owen Wright (AUS) 14.60 x 15.67 Gabriel Medina (BRA)
2. Kolohe Andino (EUA) 15.43 x 14.10 Adrian Buchan (AUS)
3. Filipe Toledo (BRA) 15.00 x 14.40 Sebastian Zietz (HAV)
4. Kanoa Igarashi (JAP) 12.37 x 15.53 Ítalo Ferreira (BRA)

Semifinais (masculino)
1. Gabriel Medina (BRA) 14.30 x 14.00 Kolohe Andino (EUA)
2. Filipe Toledo (BRA) 14.00 x 17.50 Ítalo Ferreira (BRA)

Final (masculino)
Gabriel Medina (BRA) 19.50 x 16.77 Ítalo Ferreira (BRA)

Carissa Moore vence e assume liderança

Já entre as mulheres, a havaiana Carissa Moore foi a vencedora do título. Ela venceu Lakey Peterson por 15.47 a 14.60, em bateria bastante disputada. Com o resultado, Carissa assumiu a liderança do ranking mundial, passando a australiana Sally Fitzgibbons.

Semifinais (feminino)
1. Caroline Marks (EUA) 12,67 x 14,33 Carissa Moore (HAV)
2. Malia Manuel (HAV) 11,00 x 15,27 Lakey Peterson (EUA)

Final
Carissa Moore (HAV) 15.47 x 14.60 Lakey Peterson (EUA)

Deixe seu comentário