Recorde olímpico e mundial dá ouro a alemães na patinação artística

São Paulo , SP
15/02/2018 12:20:19 — 15/02/2018 12:21:39

Em: Mais Esportes, Notícias, Olimpíadas Destaque

Três finais marcaram a madrugada desta quarta para quinta-feira nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul. Na patinação artística, a dupla alemã composta por Aljona Savchenko e Bruno Massot deu show e levou o ouro para casa após bater os recordes olímpico e mundial. No esqui alpino, o norueguês Aksel Svindal foi o vencedor da prova de downhill masculino, enquanto a norte-americana Mikaela Shiffrin ficou no lugar mais alto do pódio no slalom gigante feminino.

Uma dupla formada por uma ucraniana e um francês, ambos naturalizados alemães, foi a campeã da categoria de pares livres da patinação artística. Após se classificarem em quarto lugar, Aljona Savchenko e Bruno Massot foram responsáveis por uma apresentação brilhante e somaram 159,31 pontos na finalíssima, ficando com uma pontuação final equivalente a 235,9. Com a prata ficou a dupla chinesa, formada por Wenjing Sui e Chong Han, e com o bronze ficaram os canadenses Meagan Duhamel e Eric Radford.

Os alemães fizeram uma apresentação de encher os olhos na final da patinação (Foto: Jung Yeon-Je/AFP)

Confirmando o favoritismo, Aksel Svindal foi quem ficou com a medalha dourada no downhill masculino, prova do esqui alpino. O norueguês atravessou a linha de chegada após 1min40s25 de prova. O também norueguês Kjetil Jansrud fez o segundo tempo mais rápido e confirmou a dobradinha no pódio. Em terceiro ficou Beat Feuz, campeão mundial em 2017.

Svindal foi o grande vencedor do downhill masculino (Foto: Roberto Schmidt/AFP)

No slalom gigante feminino, outra prova de esqui alpino, Mikaela Shiffrin levou o ouro para os Estados Unidos após cruzar a linha de chegada em 1min10s82 na primeira descida (segundo melhor tempo) e 1m09s20 na segunda (quarto melhor tempo). Vencedora do slalom em Sochi, em 2014, a norte-americana de 22 anos ainda disputará outras quatro modalidades em PyeongChang. A começar pelo próprio slalom, cujo título nos últimos Jogos Olímpicos ela defenderá nesta sexta-feira. Super G, combinado e downhill são as outras competições em que ela marcará presença. A prata do slalom gigante ficou com a norueguesa Ragnhild Monwinckel, enquanto o bronze foi obtido pela italiana Frederica Brignone.

Shiffrin obteve a segunda melhor marca na primeira descida e a quarta, na segunda (Foto: Martin Bernetti/AFP)