Pistorius paga fiança e voltará a cumprir prisão domiciliar

São Paulo, SP

08-12-2015 08:42:31

Oscar Pistorius não será preso, pelo menos por enquanto. Nesta terça-feira o ex-atleta paraolímpico pagou fiança de R$ 2,6 mil para aguardar a definição do processo em prisão domiciliar por ter assassinado sua ex-namorada, a modelo Reeva Steenkamp.

Segundo a juíza Aubrey Ledwaba, da Alta Corte de Pretória, Pistorius continuará sendo monitorado por controle eletrônico, com a condição de que não se afaste mais de 20 km de sua residência, com prazo máximo de cinco horas para sair do local onde cumpre prisão domiciliar.

“Na medida em que se apresentou ao tribunal, provou que não havia risco de fuga. A próxima audiência foi agendada para 16 de abril de 2016”, disse a juíza, justificando a decisão de liberá-lo.

Na última semana a justiça sul-africana reclassificou a morte de sua ex-namorada como assassinato, contestando a inocência de Pistorius no caso, o que, em tese, o faria retornar à prisão e ter de cumprir uma pena muito mais severa de, no mínimo, 15 anos.

Oscar Pistorius cumpriu apenas um ano de sua sentença na cadeia e, após um ano, foi concedida a ele a prisão domiciliar. O ex-atleta cumpre o restante de seu compromisso com a lei em uma mansão na cidade de Pretoria, que pertence ao seu tio.

Pistorius matou sua ex-namorada com quatro tiros em 2013, em sua casa. O ex-atleta alega que imaginava ser um ladrão invadindo o local e então resolveu reagir.

Deixe seu comentário