Mar calmo adia decisão e amplia ansiedade do Brazilian Storm

São Paulo, SP

14-09-2015 13:48:04

Os integrantes do Brazilian Storm terão que conter a ansiedade para a fase decisiva na Califórnia. As ondulações fracas que dominaram a praia de Trestles obrigaram a Liga Mundial de Surfe (WSL) a decretar um dia de folga e adiar as quartas de final. A organização fará uma nova chamada para avaliar as condições no mar na manhã de terça, mas a expectativa é que o torneio volte à ativa apenas na quinta.

“Não teremos bateria hoje. Estamos na expectativa de um swell nos próximos dias, mas estamos vendo que virá um swell bom para o fim de semana, na quinta e na sexta”, avaliou o comissário Kieren Perrow.
Os brasileiros Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipinho Toledo e Wiggolly Dantas seguem vivos na competição. Filipinho vai enfrentar o australiano Joel Parkinson, enquanto Mineirinho e Dantas travam um duelo verde-amarelo. Por fim, o atual campeão cai na água com o norte-americano Nat Young. Os australianos Mick Fanning e Adrian Buchan decidem a última vaga na semifinal.

Contando com Trestles, faltam quatro etapas para o fim do Mundial. Depois da Califórnia, a elite do surfe mundial segue para Landes, na França, entre os dias 6 e 17 de outubro. O destino seguinte será Peniche, em Portugal, entre os dias 20 e 31 do mesmo mês. O campeão será conhecido em Pipeline, no Havaí, no dia 20 de dezembro.

Atualmente, Mineirinho lidera com 34.950 pontos, seguido de perto pela tríade australiana formada por Fanning (34.700), Owen Wright (34.400) e Julian Wilson (33.200). Este último divide o quarto lugar com Filipinho, dono da mesma pontuação. Slater é o sexto, à frente do francês Jeremy Flores e do australiano Josh Kerr. Ítalo Ferreira e Gabriel Medina completam a lista dos dez melhores.

Deixe seu comentário