Problema no coração tirou chinês da final dos 1.500m livre

São Paulo, SP

09-08-2015 18:02:36

Depois de não aparecer para disputar a final dos 1.500m livre e se envolver em uma confusão com a nadadora brasileira Larissa Oliveira, o chinês Sun Yang explicou porque não esteve em sua raia no Mundial de natação, sediado em Kazan, na Rússia. Favorito, o atleta asiático afirmou que não disputou a prova neste domingo por causa de um problema no coração.

Com 23 anos, Sun Yang relatou que teve um mal estar momentos antes da prova começar, quando estava se aquecendo. O chinês explicou que vinha se sentindo mal desde a disputa dos 800m.

“Depois dos 800m, senti que meu coração não estava bem. Senti o mesmo desconforto no aquecimento neste domingo e desisti de entrar na piscina”, revelou o chinês, que buscava o tricampeonato mundial na prova dos 1.500m, já que foi o vencedor em Xangai 2011 e Barcelona 2013.

O chinês disse que nunca havia tido esse tipo de mal estar antes. O nadador irá fazer exames para descobrir o que tem: “Vou voltar para a China amanhã, para fazer uma avaliação completa o mais rápido possível”.

No ano de 2014, Sun Yang foi pego em um exame antidoping, ficando suspenso por três meses. Só que o chinês foi absolvido porque a substância que ele usou, o estimulante trimetadizina, é receitado para pessoas com problemas cardíacos.

Como tomou a decisão de ficar de fora da disputa de maneira tardia, a raia que seria ocupada pelo chinês ficou vazia. Caso tivesse notificado sua desistência mais cedo, o nadador Pal Joensen, das Ilhas Faroe, participaria da prova. Sem o favorito na competição, o ouro ficou com o italiano Gregorio Paltrineri.

Sobre a confusão com Larissa Oliveira, Sun Yang se recusou a falar sobre o assunto. Segundo Albertinho Silva, técnico do Brasil, o atleta puxou a perna da brasileira quando compartilhavam a mesma raia e pulou por cima, causando uma grande confusão com a delegação canarinha.

Apesar de tudo, Sun Yang foi eleito o melhor nadador do Mundial de Kazan. Em território russo, o chinês ganhou três medalhas, sendo dois ouros (400m e 800m livre) e uma prata (200m livre).

Deixe seu comentário