Etiene Medeiros festeja ser nadadora número 1 do Mundial de Kazan

São Paulo, SP

01-08-2015 17:46:55

Apesar de ainda não ter caído nas águas de Kazan, Etiene Medeiros já faz história no Mundial de Esportes Aquáticos da Rússia. A pernambucana será a primeira mulher do time brasileiro com o melhor tempo de entrada na competição entre todos os seus atletas. A nadadora de 24 anos detém o primeiro tempo de inscrição da prova dos 50m costas (27s38), que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 5. A natação em Kazan terá início na madrugada deste domingo, às 3 horas (de Brasília).

“É muito bacana, claro, mas papel é papel. Bem, todos já sabem como eu sou. Pé no chão. A competição não começou e tem ainda muita estrada pela frente. Estou feliz e motivada. Tudo o que aconteceu no Pan foi incrível. Vi alguns vídeos, postei algumas coisas em rede social que me emocionaram, tenho meus tempos na cabeça e metas, mas é preciso deixar começar. Vamos viver uma etapa de cada vez”, festejou Etiene, medalha de ouro nos 100m costas dos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

A natação nacional chega a Kazan com 25 atletas, sendo 16 homens e nove mulheres, e com a missão de confirmar o bom momento após a segunda colocação no quadro de medalhas da modalidade em Toronto, onde levou 26 láureas, entre as quais dez de ouro, seis de prata e outras dez de bronze.

“Saímos de uma realidade de 42 nações para 172. Obviamente que é diferente, mas a natação brasileira tem seus objetivos muito claros e vem construindo um caminho sólido que é reconhecido internacionalmente. Temos o cuidado de não ceder à ansiedade e queimar etapas neste processo de amadurecimento. A equipe que chega do Pan vem muito motivada, entrosada e pronta para dar o máximo do seu desempenho”, analisou o supervisor executivo da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Ricardo de Moura.

Capitaneadas por Etiene Medeiros e seu primeiro ouro feminino na história dos Jogos Pan-Americanos, as mulheres ainda contam com a experiência de Joanna Maranhão para reforçar a equipe e diminuir a lacuna que as separava da natação masculina no País.

“Foi uma decisão mais que acertada da CBDA em separar os trabalhos com a natação feminina. Os resultados estão começando a frutificar e isso é visível para todos. A principal diferença que vejo na equipe como um todo é que hoje temos um grupo muito mais maduro, embora vários atletas ainda sejam bem jovens. Amadurecemos em tudo. Também no trabalho técnico e multidisciplinar”, avaliou Fernando Vanzella, o técnico responsável pelas meninas brasileiras.

Segundo o regulamento do Mundial, a classificação das provas de revezamentos para os Jogos Olímpicos de 2016 será conquistada pelos 12 primeiros colocados em Kazan. Para completar o número de 16 equipes que disputam as Olimpíadas, será organizada uma repescagem mundial para selecionar os quatro conjuntos restantes, com os melhores tempos entre os que não foram classificados pelo Mundial da Federação Internacional (FINA).

Abaixo, veja a programação da equipe brasileira de natação neste domingo:

3 horas – 7h15: Eliminatórias

100m borboleta feminino: Daynara de Paula e Daiene Dias
200m medley feminino: Joanna Maranhão
50m borboleta masculino: Nicholas Santos e Cesar Cielo
400m livre feminino: Manuella Lyrio
100m peito masculino: Felipe França Silva e Felipe Lima
Revezamento 4x100m livre feminino: Larissa Oliveira, Graciele Herrmann, Etiene Medeiros e Daynara de Paula
Revezamento 4x100m livre masculino: Marcelo Chierighini, Matheus Santana, Bruno Fratus e João de Lucca.

11horas – 13h45: Semifinais e Finais

100m borboleta feminino
200m medley feminino
50m borboleta masculino
100m peito masculino
400m livre masculino
400m livre feminino
Revezamento 4x100m livre feminino e masculino

Deixe seu comentário