Bruno Fratus e Lorrane Ferreira alcançam índice olímpico em Palhoça

São Paulo, SP

17-12-2015 08:36:47

Depois de Leonardo de Deus, foi a vez de Bruno Fratus e Lorrane Ferreira alcançarem o índice olímpico nas piscinas de Palhoça, em Santa Catarina. Ambos garantiram suas marcas na abertura dos revezamentos 4x50m livre. Fratus conquistou seu melhor tempo da carreira, 21s37, bem abaixo do índice exigido, que é de 22s27. Já Lorrane cravou a marca mínima de 25s28.

“Este era um número que vinha procurando, embora ainda não é o tempo que vai me deixar feliz. Fiquei devendo este tempo no Mundial, mas foi logo depois do Pan, muitas viagens, mas hoje finalmente consegui nadar 21s3. Saí do hotel pra fazer meu melhor, pedi pra abrir o revezamento, não necessariamente este tempo, podia ser 21s40, mas foi ainda melhor”, comentou Fratus, que viu sua equipe, o Pinheiros, terminar na segunda colocação do revezamento, atrás do Minas Tênis Clube, de Cesar Cielo.

Lorrane comentou que esperava um bom tempo, já que no Maria Lenk a nadadora havia alcançado uma marca ainda melhor. No entanto, ela sabe que precisará continuar empenhada, pois apesar do índice, não há garantia que Lorrane já esteja nas Olimpíadas de 2016. “Estava pensando em atingir o índice agora, pois no Maria Lenk já tinha feito um tempo até melhor do que este. Estou feliz, mas sei que preciso melhorar para garantir a minha vaga”, afirmou a nadadora do Minas Tênis Clube, que também venceu o revezamento feminino.

Apesar dos índices conquistados, ambos os nadadores ainda não sabem se irão às Olimpíadas. O Brasil tem o direito de inscrever dois atletas por prova, caso três nadadores alcancem o índice, quem tiver o pior tempo acabará ficando de fora do evento no Rio de Janeiro.

O Open de Palhoça acontece até o próximo sábado e é a grande oportunidade para os nadadores encaminharem a qualificação para os Jogos antes do ano Olímpico.

Deixe seu comentário