Mineirinho é eliminado e poderá deixar a liderança do ranking

São Paulo, SP

17-08-2015 19:44:14

Adriano de Souza, o Mineirinho, não teve uma boa performance na terceira fase da etapa do Taiti do Circuito Mundial de surfe (WCT) e acabou eliminado nesta segunda-feira. O brasileiro perdeu o duelo nas ondas de Teahupo’o contra o seu compatriota Bruno Santos e deverá sair da liderança do campeonato.

Mineirinho foi surpreendido por Bruno Santos, surfista que se classificou através das trials para a competição, mas que já havia levantado o titulo em Teahupo’o, no ano de 2008. O algoz de Adriano conseguiu duas ótimas notas (8.43 e 7.77), alcançando 16.20, e viu o líder da competição ser eliminado ao somar 13.70 (8.10 e 5.60).

No ano em que conquistou o título em Teahupo’o, Bruno Santos havia eliminado Mineirinho nas quartas de final. Na ocasião, o campeão daquela edição da etapa do WCT venceu pelo placar de 9.83 a 9.07.

Fora da disputa, Mineirinho terá que torcer muito para não perder a liderança. Filipe Toledo, Owen Wright e Julian Wilson têm condições de assumir a ponta do campeonato na etapa do Taiti.

Em bateria emocionante, Medina supera Florence

As ondas de Teahupo’o viram um grande duelo nesta segunda-feira. Atual campeão mundial, Gabriel Medina eliminou o havaiano John John Florence em uma disputa intensa. O brasileiro conseguiu emplacar duas notas espetaculares (9.27 e 9.73), enquanto o seu rival ficou muito próximo (9.57 e 9.27).

Com esse resultado, Medina somou 19.00, se distanciando de Florence em apenas 0.16, já que o havaiano alcançou 18.84. Na quarta fase da etapa do Taiti, o brasileiro irá encarar os seus compatriotas Ítalo Ferreira e Bruno Santos na segunda bateria.

Também nesta segunda-feira, Ítalo Ferreira avançou à próxima fase após vencer Jadson André em duelo de brasileiros por 16.10 a 9.83. Filipe Toledo, o Filipinho, foi outro membro da Brazilian Storm a entrar no mar e triunfar, batendo o norte-americano Brett Simpson por 16.97 a 12.50. Fechando a participação do País no dia, Wiggolly Dantas superou o australiano Matt Wilkinson por 16.83 a 8.66.

Deixe seu comentário