Mar segue calmo, e fase decisiva em Trestles é adiada pela quinta vez

São Paulo, SP

17-09-2015 14:00:08

A falta de ondas favoráveis em Trestles voltou a frustar os fãs de surfe. Nesta quinta-feira, a Liga Mundial (WSL) decretou o quinto "lay day" seguido em San Diego. Os organizadores realizaram uma chamada para verificar as condições do mar às 11h30 (de Brasília), e insistiram em reavaliar a situação às 13h, mas a ausência de um bom swell adiou novamente o início das quartas de final da etapa californiana. Uma nova chamada será realizada na sexta-feira de manhã.

"Nós observamos tudo de perto por toda manhã. O swell está ganhando força, aos poucos, mas as sessões decentes são raras, com um intervalo grande. Por conta disso, e pelo fato de que o mar vai crescer, decretamos o lay day e voltaremos amanhã. É bem provável que o evento aconteça nesta sexta-feira e que o dia final seja incrível", avisou o comissário Kieren Perrow.

Quatro integrantes do Brazilian Storm seguem vivos na disputa: Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipinho Toledo e Wiggolly Dantas. Na briga por uma vaga na semi, Filipinho enfrenta o australiano Joel Parkinson, enquanto Mineirinho e Dantas travam um duelo verde-amarelo. Já o atual campeão encara o local Nat Young. Na única bateria sem brasileiros, o australiano Mick Fanning duela com seu compatriota Adrian Buchan.

A quatro etapas do fim (incluindo Trestles), Mineirinho lidera com 34.950 pontos, seguido de perto pelos australianos Mick Fanning (34.700), Owen Wright (34.400) e Julian Wilson (33.200). Este último divide o quarto lugar com Filipinho, dono da mesma pontuação. Slater é o sexto, à frente do francês Jeremy Flores e do australiano Josh Kerr. Ítalo Ferreira e Gabriel Medina completam a lista dos dez melhores.

Deixe seu comentário