Mãe de modelo assassinada refuta vingança contra Pistorius

São Paulo, SP

21-10-2015 11:39:26

Mãe de Reeva Steenkamp, June garantiu nesta quarta-feira que não deseja vingança contra o atleta sul-africano Oscar Pistorius, que nesta semana deixou a cadeia para cumprir sua pena em prisão domiciliar. Dono de seis medalhas de ouro em Paraolimpíadas, ele ficou atrás das grades por menos de um de seus cinco anos de condenação.

“Eu não tenho nenhum sentimento de vingança. Não quero fazer danos a ele. Já é uma pessoa com deficiência”, disse June Steenkamp em seus primeiros comentários após a liberação de Pistorius na última segunda-feira.

“Não quero que seja jogado na prisão e sofra. Isso não vai trazer Reeva de volta. Mas, no meu coração, não quero vingança contra ele, estou mais além disso”, acrescentou June à emissora estatal Sabc durante o lançamento da Fundação Reeva Steenkamp em uma escola da cidade de Porto Elizabeth.

Apesar de já estar na casa de seu tio Arnold, localizada em Waterkloof, um luxuoso bairro de Pretória, o retorno de Pistorius à prisão não está descartado. Isso porque a promotoria do Tribunal Supremo da Magistratura tenta alterar a condenação do sul-africano de homicídio culposo para doloso, o que aumentaria sua pena para 15 anos. Uma nova audiência está marcada para o dia 3 de novembro.

Primeiro atleta biamputado da história a disputar as Olimpíadas, Oscar Pistorius foi detido no dia 14 de fevereiro de 2013 após Reeva ser encontrada morta na residência do campeão paralímpico, que atirou contra a namorada alegando tê-la confundido com um ladrão.

Deixe seu comentário