Judocas brasileiras terminam segundo dia na China com quinto lugar

São Paulo, SP

26-05-2018 17:22:39

Lutando pelo bronze no Grand Prix de Hohhot, na madrugada deste sábado, as brasileiras Maria Portela (70kg) e Ketleyn Quadros (63kg) terminaram o dia apenas na quinta colocação. Apesar de terem feito boa trajetória até a semifinal, ambas foram superadas no embate pela medalha e não conseguiram subir ao pódio.

Entrando no tatame com o status de atual número dois do mundo, Portela superou a dona da casa Hongyan Liu e também Naranjargal Tsend-Ayush, da Mongólia. Chegou à semifinal, mas foi derrotada pela canadense Kelita Zupancic. Na luta pelo bronze, caiu para a campeã mundial e atual número um do mundo, Chizuru Arai, do Japão, que fez ippon.

Ketleyn Quadros, por sua vez, venceu a russa Valentina Kostenko, nas oitavas. Na etapa seguinte, caiu para a chinesa Jing Tang. Na repescagem, conseguiu superar a chinesa Han Liu e avançou à disputa pelo bronze, onde foi superada pela canadense Catherine Beauchemin-Pinard, por um waza-ari.

Também defendendo o Brasil, Eduardo Barbosa (73kg), Marcelo Contini (73kg) e Victor Penalber (81kg) entraram no tatame, mas não passaram das preliminares. Por ippon, Barbosa venceu o russo Denis Iartcev, mas foi derrotado pelo chinês Daga Qing.

Os outros dois caíram ainda em suas respectivas primeiras lutas: Contini não passou pelo britânico Daniel Powel e Penalber parou no sul-coreano Seungsu Lee.

Deixe seu comentário