Amanda Nunes vence Schevchenko e mantém cinturão do UFC

São Paulo, SP

10-09-2017 13:28:01

A brasileira Amanda Nunes segue imbatível no UFC. Na madrugada deste domingo, Nunes enfrentou a quirguistanesa Valentina Schevchenko em duelo que colocou em jogo o cinturão do peso-galo da categoria, e venceu por decisão dividida dos árbitros.

A polêmica luta foi válida pelo UFC 215, realizado em Edmonton, no Canadá. Quem esperava uma luta recheada de lances emocionantes e nocaute para um dos lados se equivocou. Amanda e Valentina fizeram um duelo muito acirrado, onde nenhuma das duas lutadoras conseguiu grandes golpes.

Nunes foi declarada a vencedora por decisão dividia dos árbitros, com o placar de 47-48, 48-47 e 48-47. A polêmica decisão dos juízes votantes não caiu muito bem na Rogers Place Arena. Nunes chegou a ser vaiada ao receber o cinturão de campeã.

"Eu ia lutar até o final, queria que ela estivesse cansada, não eu. Desculpem a todos os fãs por não ter lutado na última ocasião. Eu queria estar 100%. Tomei muitos remédios para estar aqui hoje e lutar para vocês", disse Nunes ainda no octógono.


Schevchenko, por outro lado, se mostrou muito insatisfeita com o resultado e questionou os juízes. A lutadora precisou ser acalmada por seu staff antes de pegar o microfone e indagar: "Ela (Amanda) ainda é campeã? Está ferida porque eu a chutei muito forte. Meu dedo está ferido porque soquei mais forte. Não entendo esta decisão".

As duas lutadoras passaram o primeiro round se estudando, e começaram a ditar o ritmo da trocação apenas no segundo, mas ainda sem grandes golpes. O terceiro round voltou a ser muito estudado e com as lutadoras se distanciando. Foi apenas no quinto e último round e Nunes conseguiu realizar mais quedas que a adversária quirguistanesa e garantiu a vitória.

Deixe seu comentário