Mais Esportes/Tóquio 2020

Jogos Olímpicos de Tóquio podem ser realizados em área nuclear

São Paulo , SP
18/11/2016 09:22:36 — 18/11/2016 09:59:49

Em: Mais Esportes, Olimpíadas 2020

Os torneios de softball e baseball das Olimpíadas de Tóquio, em 2020, poderão ser realizados em Fukushima, área afetada por um acidente nuclear causado em uma usina após um tsunami que assolou o país em 2011. Nesta sexta-feira o presidente da Confederação Mundial de Baseball e Softball (Wbsc), Riccardo Fraccari, confirmou a possibilidade da cidade se tornar sede das duas modalidades.

Japoneses poderão sediar os torneios de baseball e softball em área afetada por acidente nuclear (Foto: Wbsc/Divulgação)
Japoneses poderão sediar os torneios de baseball e softball em área afetada por acidente nuclear (Foto: Wbsc/Divulgação)

Fraccari se encontrou com o presidente da Tóquio 2020 Yoshiro Mori e revelou que neste sábado irá fazer algumas visitas para analisar potenciais sedes para o baseball e softball nas Olimpíadas. A Wbsc, inclusive, já está familiarizada com a região de Fukushima, já que o Mundial de baseball sub-15 aconteceu no local em julho e agosto deste ano.

“Eu sei da importância do baseball e do softball no Japão, como isso pode facilitar a recuperação da área dos desastres. Então se os campos em Fukushima tiverem todos os requisitos, poderemos leva-los em consideração”, disse Yoshiro Moro.

O Comitê Organizador local irá esperar o aval da Wbsc antes de apresentar as sedes escolhidas para essas duas modalidades ao Comitê Olímpico Internacional (COI). Em um encontro de seu comitê executivo previsto para o mês que vem a entidade responsável pelos Jogos Olímpicos irá decidir se aprova ou não os locais das disputas.

As Olimpíadas de Tóquio irão acontecer nove anos após os desastres de Fukushima. Ainda que haja áreas inabitáveis que irão seguir assim por muitos anos, há outros locais com níveis de radiação suficientemente seguros para receber atletas, imprensa e torcedores durante os torneios de softball e baseball.

Pelos dados que recebi, a situação não é perigosa em Fukushima. Até no Mundial de baseball sub-15 apenas um país se recusou a competir, o resto veio. Penso que a principal questão são as facilidades e o cronograma. Fukushima é um lugar perfeitamente agradável onde você pode ir”, finalizou Riccardo Fraccari.