Handebol/Mundial do Catar

Seleção de handebol joga no Egito antes do Mundial de Doha

GazetaEsportiva.net - Sharm el Sheikh, - Egito
07/01/2015 13:41:00

Em: Handebol, Mais Esportes

A Seleção Brasileira masculina de handebol embarcou nesta quarta-feira para o Egito, onde encerra sua preparação para o Campeonato Mundial da modalidade. Lá, enfrentará a equipe da casa e a Arábia Saudita antes de viajar a Doha, onde o principal torneio da temporada será disputado a partir do dia 15 de janeiro.

“Esta oportunidade que teremos de fazer dois jogos com o Egito será muito boa. Vamos usar isso como a última parte da nossa preparação, que será fundamental”, afirmou o técnico espanhol Jordi Ribera. No torneio amistoso, o Brasil fará dois jogos contra os egípcios e um contra os sauditas.

O Brasil faz parte do Grupo A do Mundial de Doha, ao lado dos anfitriões, da atual campeã Espanha, da Eslovênia, da Bielorrússia e do Chile. O País faz o jogo de estreia do Mundial, enfrentando justamente o Catar. No B estão Croácia, Bósnia e Herzegovina, Macedônia, Áustria, Tunísia e Irã. No C, França, Suécia, Argélia, República Tcheca, Egito e Emirados Árabes Unidos. No grupo D, Dinamarca, Polônia, Rússia, Argentina, Bahrein e Alemanha.

No Mundial de 2013, na Espanha, o Brasil ficou com a 13ª colocação, a melhor posição da história do País na competição. Agora, a missão é evoluir ainda mais e tentar passar pelas oitavas de final pela primeira vez.

“Para nós, o Mundial da Espanha foi um passo à frente. Conseguimos cumprir nosso objetivo que era fazer frente a todos os adversários em todos os jogos. Estávamos em um grupo muito difícil, mas conseguimos nos classificar em terceiro e passar para as oitavas de final. Agora, queremos seguir ainda mais adiante e superar o resultado que tivemos lá”, afirmou Jordi.

Jordi Ribera espera melhora do Brasil em relação à 13ª colocação do Mundial de 2013
Jordi Ribera espera melhora do Brasil em relação à 13ª colocação do Mundial de 2013 – Credito: Divulgação