Noruega vence Croácia na prorrogação e vai à inédita final do Mundial

São Paulo, SP

27-01-2017 19:54:09

A Noruega está na final do Mundial de handebol masculino. Em jogo realizado nesta sexta-feira, na AccorHotels Arena, em Paris, os noruegueses fizeram um duelo emocionante contra a Croácia e conseguiram a vaga na decisão com uma vitória pelo placar de 28 a 25, conquistada somente na prorrogação.

Com o resultado, a seleção da Noruega chega pela primeira vez em sua história na final do Mundial de handebol masculino. A adversária será a forte França, que é a anfitriã do torneio, maior campeã da história, com cinco conquistas, e detentora de três dos últimos quatro títulos da competição. A partida está marcada para o próximo domingo, na AccorHotels Arena.

Já a Croácia, que tem um título mundial em sua história, conquistado em 2003, terá que se contentar com a disputa do terceiro lugar, que será realizada diante da Eslovênia, neste sábado, também na AcocorHotels Arena.

A partida manteve um grande equilíbrio durante os 60 minutos de jogo. No início do primeiro tempo, a Croácia foi melhor e chegou a abrir três gols de vantagem e fazer 6 a 3. No entanto, a Noruega se recuperou, virou o placar e encerrou a etapa inicial vencendo por 12 a 10.

Se o primeiro tempo já teve bastante equilíbrio, a segunda etapa contou com mais disputa ainda, com as duas seleções brigando ponto a ponto pela vantagem no placar. Nos minutos finais, a Croácia abriu um gol de frente e tentou administrar a vantagem. Porém, restando um minuto, a Noruega empatou em 22 a 22.

A poucos segundos do fim, os croatas ainda tiveram a oportunidade de sair com a vitória em um tiro de sete metros. Horvat foi para a cobranças, porém, a estrela do goleiro Bergerud brilhou com uma linda defesa. Com isso, o tempo normal se encerrou em 22 a 22 e a partida se encaminhou para a prorrogação.

No tempo extra, a partida seguiu equilibrada. Na primeira metade da prorrogação, a Croácia abriu dois gols de vantagem, mas a Noruega foi buscar o empate para encerrar o placar em 24 a 24.

Já na segunda metade, a Noruega foi melhor e conseguiu abrir dois gols de vantagem restando um minuto para o encerramento da prorrogação. A Croácia foi para o tudo ou nada e ainda acabou desperdiçando seu último ataque. Com a vaga na mão, os noruegueses marcaram mais uma vez e sacramentaram a histórica classificação para a final com uma vitória por 28 a 25.

Deixe seu comentário