Guido é sétimo nos 100m costas; Lima e Gomes vão à final

São Paulo, SP

25/07/17 | 13:54 - 25/07/17 | 14:21

Guilherme Guido não era um dos favoritos na final dos 100m costas do Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria, e as expectativas se cumpriram. Na tarde desta terça-feira, o brasileiro não conseguiu superar a sua melhor marca e terminou na sétima colocação com 53s66. A medalha de ouro ficou com quem vinha liderando as fases anteriores: o chinês Jiayu Xu, com o tempo de 52s44, bateu os americanos Grevers (52s48), segundo colocado, e Murphy (52s59), medalha de bronze.

Leia mais: Katie Ledecky conquista seu tricampeonato nos 1500m livre e faz história

Aos 30 anos, esta foi a primeira vez em que o paulista de Limeira participou de uma final individual de Mundial. Antes de chegar à última prova do estilo, Guido terminou com o tempo de 53s71 na semifinal, o sétimo melhor – e, para conseguir uma vaga nas semifinais, nadou um décimo acima na fase anterior.

Guilherme Guido participou pela primeira vez de uma final individual de Mundial (Foto: Attila Kisbenedek/AFP)

No final da prova, o atleta fez uma avaliação de seu desempenho: "Eu fui para cima. Era o que eu tinha para hoje. Ficou meio segundo acima do meu melhor, mas vinha muito constante. Estou feliz de ter disputado minha primeira final da carreira. A gente sempre quer mais, quer medalha, mas dei tudo o que eu tinha e fico feliz como sétimo melhor do mundo", disse ao Sportv.

Antes da final de Guido, outros dois brasileiros entraram na água e conseguiram avançar. Felipe Lima, na primeira série da semifinal dos 50m peito, nadou bem e liderou a bateria. O tempo de 26s68 foi o melhor pessoal do atleta e o segundo geral da prova. João Gomes Júnior, na outra série, fez 26s86 e também garantiu uma vaga na final com o quinto tempo geral.

Na série de João Gomes Júnior, a segunda da semifinal dos 50m peito, Adam Peaty estabeleceu um novo recorde mundial ao quebrar o seu próprio tempo com impressionantes 25s95 - é a primeira vez que alguém nada abaixo da casa dos 26s no estilo. Na tarde desta quarta-feira, os brasileiros têm o desafio de tentar superar o britânico.

Um pouco mais tarde, outro brasileiro entrou na água, mas não teve o mesmo sucesso. Leonardo de Deus fez só o sétimo melhor tempo de sua série na semifinal dos 200m borboleta, 1m56s71, o 14º no geral, e não conseguiu uma vaga na final do torneio. Leo começou bem a prova, recuperou posições, mas na reta final perdeu força. Avança à final com o melhor tempo o japonês Daiya Seto, com 1m54s03.

Confira outros resultados do dia:

1500m livre feminino (final):
1ª: Katie Ledecky (EUA); 2ª: Mireia Belmonte (ESP); 3ª: Simona Quadrella (ITA).

200m livre masculino (final):
1º: Sun Yang (CHI); 2º: Townley Hass (EUA); 3º: Krasnykh (RUS).

Deixe seu comentário