Seleção Brasileira de ginástica artística feminina brilha em competição na Itália - Gazeta Esportiva
Seleção Brasileira de ginástica artística feminina brilha em competição na Itália

Seleção Brasileira de ginástica artística feminina brilha em competição na Itália

Gazeta Esportiva

Por Redação

21/04/2024 às 19:55

São Paulo, SP

Já classificada para os Jogos Olímpicos de Paris, na qualidade de vice-campeã do Mundial da Antuérpia, a Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina conquistou diversas medalhas neste fim de semana no Trofeo Città di Jesolo, na região metropolitana de Veneza, na Itália.



A trave e o solo foram os aparelhos em que as brasileiras obtiveram o maior destaque. No aparelho considerado o mais exigente da GAF, por precisar de um tremendo equilíbrio, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade formaram uma dobradinha, com Flavinha conquistando a peça dourada. No solo, a ginasta carioca dividiu o ouro com a paranaense Julia Soares.

Na véspera, a equipe brasileira já havia conquistado a prata. Representaram o Brasil as ginastas Rebeca, Flávia, Julia, Jade Barbosa, Carolyne Pedro e Andreza Lima.



Na final da trave, Flavinha fez excelente apresentação, o que lhe rendeu a nota 14,500. Rebeca cravou a segunda melhor série (13,900). No solo, houve um raro empate. Flavia e Julia receberam a nota 13,600. Os critérios de desempate não estabeleceram distinções, uma vez que as notas de dificuldade e de execução das brasileiras foram idênticas. Assim, o primeiro degrau do pódio foi ocupado pelas duas ginastas do Brasil.

Em grande forma, Flavinha ainda obteve a quarta colocação nas assimétricas e no individual geral.

Rebeca, que já foi vice-campeã mundial nas assimétricas, venceu nesse aparelho, com 14,700. A italiana Alice D’Amato recebeu a mesma nota, mas, como teve resultado inferior na execução, ficou com a prata.


Conteúdo Patrocinado