Lorrane e Flavinha decepcionam, e Simone Biles é tricampeã mundial

São Paulo, SP

29-10-2015 19:30:08

Os Estados Unidos dominaram mais um dia de finais no Mundial de ginástica artística, em Glasgow (Escócia). Nesta quinta-feira, na decisão individual geral feminina, Simone Biles conquistou o tricampeonato inédito, seguido da compatriota Gabby Douglas, ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. A romena Larisa Iordache ficou com o bronze.

Na última apresentação da noite, Biles alcançou a pontuação geral de 60.399 após um 15.266 no solo. A norte-americana também foi dona da nota mais alta do dia, no salto: 15.833. O resultado lhe dá o um histórico tri, inédito na história do Mundial.

O Brasil voltou a decepcionar com Lorrane de Oliveira e Flávia Saraiva, que terminaram em 17º e 24º, respectivamente. O ponto alto da participação brasileira foi o salto de Lorrane, que lhe rendeu a nota de 15.166 (maior de todo o time brasileiro no Mundial).

Brazil's Flavia Lopes Saraiva competes on the uneven bars during the first day of qualifications at the 2015 World Gymnastics Championship in Glasgow, Scotland, on October 23, 2015. Gymnasts can secure qualification for the 2016 Rio Games at the championships which will be staged at the Hydro Arena. AFP PHOTO / BEN STANSALL
Na sua estreia em mundiais, Flávia Saraiva ficou com a última colocação (Foto: Ben Stansall/AFP)

Já Flavinha, uma das esperanças do futuro da ginástica brasileira, acabou sofrendo três quedas, duas na trave e uma no solo. A atleta de 15 anos, que disputou o primeiro mundial da carreira, acabou com um total de 53,232, na última colocação.

“'Estou muito feliz. É o meu primeiro Mundial. Não fui muito bem, houve erros, mas isso acontece, é normal na vida de um atleta. Tem dia que a gente não está tão bem, mas se Deus quiser no próximo vamos bem”, comentou Flavinha em entrevista ao SporTV.

Deixe seu comentário