Jade Barbosa celebra bom desempenho no Mundial de ginástica

São Paulo, SP

28-10-2018 16:49:19

Neste domingo, a Seleção Brasileira de ginástica conseguiu uma vaga na final no Mundial da categoria pela primeira vez em 11 anos. Remanescente da campanha de 2007, Jade Barbosa celebrou o bom desempenho em 2018, e comparou os dois momentos.

"São anos diferentes, códigos diferentes com relação a 2007. Ali, a gente fez a competição da vida, aqui tivemos erros. É incrível ficar em quinto, mesmo com tantos erros, sem fazer a melhor competição que poderia. Mesma classificação, mas com gostos diferentes, ginastas diferentes", disse.

A ginasta também já projetou a sequência da competição, ressaltando a dificuldade do Mundial e garantindo que a equipe está trilhando um bom caminho.

"A gente está ciente que precisamos trabalhar. Para esse Mundial é importante, até para se certificar que estamos no trabalho certo. Estamos no caminho certo. Se for pensar no final por equipes, são três ginastas e contam a nota de três. É uma competição mais rígida, uma responsabilidade ainda maior. Fico feliz de, em um ano que não é pré olímpico, a gente já está nesse tipo de preparação”, completou.

Neste domingo, as brasileiras tiveram um desempenho abaixo do esperado na trave, fato que foi explicado por Jade.

“A trave é ingrata, é um aparelho ingrato, as vezes você treina bem e na hora não acontece. São coisas que não tem como reaver, no salto, barras, solo, dá para consertar a série, na trave, não”, finalizou.

Deixe seu comentário