Aplaudida por Biles, Rebeca Andrade divide mérito por prata histórica: “Não é só minha”

São Paulo, SP

29-07-2021 11:50:14

Nesta quinta-feira, a ginasta Rebeca Andrade fez história ao conquistar a primeira medalha olímpica do Brasil na história da ginástica artística feminina. A brasileira ficou com a prata nas finais individuais da modalidade.


Em entrevista para a TV Globo, Rebeca agradeceu aos familiares, dividindo os méritos pela conquista.

"Essa medalha que eu ganhei não é só minha, é de todo mundo. Todo mundo sabe da minha trajetória, de tudo o que eu passei. Se eu não tivesse cada pessoa dessa na minha vida, isso aqui hoje não teria acontecido, eu tenho total consciência disso. Eu tenho certeza que Deus sempre me protegeu, me capacitou para mim brilhar hoje aqui, então eu sou muito a grata a todo mundo mesmo", afirmou a ginasta.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Rebeca Andrade também falou sobre Simone Biles. A atleta desistiu de participar das finais individuais após avaliações médicas, segunda anunciou a Federação de ginástica dos Estados Unidos. Aplaudida pela americana, que assistiu as disputas da arquibancada, Rebeca demonstrou apoio a Biles.

"Eu acho que o fato de ela ter saído não foi nada negativo.  As pessoas tem que entender que um atleta não é um robô, ele é humano. A decisão que ela tomou foi a decisão mais sábia que ela pôde fazer por ela, não foi pelos outros. Não se brinca com a cabeça, eu trabalho muito com a minha psicóloga", ressaltou.

"Então sempre admirei muito isso nela porque a pressão era constante e era muito difícil, então ela acaba se cobrando muito também. Ela tem que entrar no ginásio para se divertir. Então eu fiquei orgulhosa dela por ter tido essa atitude e ter pensado nela antes de qualquer outra coisa", completou a brasileira.

Por fim, Rebeca mandou uma mensagem para futuras ginastas, ressaltando que sempre vão encontrar dificuldades e que precisam ter força para superá-las, além de destacar novamente a importância da família.

"Eu acho que mesmo se eu não tivesse ganhado a medalha, eu teria feito história. Justamente pela minha história, pelo meu processo para chegar até aqui. Eu gostaria de dizer para vocês não desistirem, acreditarem no sonho de vocês e seguir firme, porque dificuldade a gente sempre vai ter, a gente tem que ser forte o suficiente para passar por cima. Graças a Deus eu tive pessoas maravilhosas que ajudaram no meu processo, espero que vocês tenham pessoas incríveis assim como eu tive para que ajudem vocês chegarem no topo, assim como eu cheguei. Estou muito grata, mando todo meu amor para todas vocês , todo sucesso a todas as ginastas que já passaram por aqui, já sentiram essa emoção, sabem como é difícil, e que estão feliz com meu sucesso", afirmou.

Rebeca Andrade ainda vai disputar mais duas finais em Tóquio: domingo no salto, e segunda-feira no solo.

 

 

Deixe seu comentário