Em sua estreia na Liga Futsal, Orlândia goleia estreante Marreco

São Paulo, SP

25-04-2016 21:07:28

 

Bicampeã da Liga Nacional de Futsal (LNF) e finalista das quatro últimas edições da competição, a equipe da ADC Intelli Orlândia estreou na atual temporada com vitória. Nesta segunda-feira, na Arena Olímpica João Mambrini, em São Sebastião do Paraíso (MG), o time do interior de São Paulo fez 6 a 0 no Marreco Futsal, estreante na LNF.

As duas equipes voltam à quadra na próxima segunda-feira. O Orlândia visita o Atlântico Erechim, às 20h15 (de Brasília). No mesmo horário, o Marreco recebe o Umuarama, no Ginásio Arrudão, em Francisco Beltrão (PR).

O Orlândia começou melhor na partida e logo com um minuto de bola rolando já abriu o placar. O goleiro Gian lançou com as mãos para Cabreúva, que aproveitou descuido na defesa do Marreco, saiu na frente do marcador e tocou por cima de Fiuza, que nada pôde fazer para evitar o gol.

O gol sofrido no início não desanimou o Marreco, que saiu para o jogo em busca do empate. Suelton e OitoMeia tiveram boas oportunidades, mas pararam nas defesas de Gian. Pelo outro lado, o Orlândia também criava. Jackson obrigou Fiuza a fazer grande defesa, em chute forte da entrada da área.

A partida seguiu equilibrada, com as duas equipes criando chances. O Orlândia foi mais eficiente e chegou ao segundo gol com Gadeia, em contra-ataque rápido que surpreendeu o adversário. Perdendo por dois gols, o Marreco foi para cima e quase diminuiu com Magui. Porém, o Orlândia estava mais concentrado e fez o terceiro novamente com Cabreúva. Dieguinho roubou bola no campo de ataque e serviu o camisa 10, que só empurrou para dentro.

Mesmo com 3 a 0 no placar, o Orlândia não diminuiu a intensidade e chegou ao quarto gol ainda no primeiro tempo. Em outro momento de desatenção da defesa do Marreco, Gadeia roubou a bola e bateu forte pelo alto para vencer Fiuza. O mesmo Gadeia ainda faria o quinto gol, após cobrança de escanteio.

O jogo seguiu a mesma tônica na etapa final. O Orlândia não relaxou mesmo com a confortável vantagem obtida no primeiro tempo e por pouco não ampliou com Elisandro, que chutou em cima do goleiro. O Marreco respondeu com Bolinha, que recebeu de costas, girou e bateu forte de pé esquerdo, mas mandou para fora.

Apesar do resultado, o jogo era equilibrado. O Orlândia vencia por ter aproveitado melhor as oportunidades e permaneceu assim até o final. Dieguinho marcou o sexto, finalizando com precisão em chute da ala direita. Perto do fim, o Marreco tentou uma pressão usando o goleiro-linha, mas não conseguiu sequer marcar um gol. Pelo outro lado, Renan fez o sétimo e fechou a goleada.

Deixe seu comentário