Com Pacquiao na plateia, brasileiros são eliminados do Mundial de Doha

São Paulo, SP

08-10-2015 22:33:05

O terceiro dia do Mundial de Boxe da AIBA (Associação Internacional de Boxe Amador), em Doha (Catar), teve gosto amargo para o Brasil. Dois atletas verde-amarelos deram adeus ao torneio: Robenilson de Jesus, na categoria até 56 kg, e Juan Nogueira, até 91 kg.

O algoz de Robenilson foi o irlandês Michael Conlan, que venceu por pontuação (2 a 1). Já Juan nem chegou a entrar no ringue. Com uma lesão no ouvido, o pugilista perdeu para o cazaque Levit Vassili por W.O.

Com isso, os dois perdem a chance de fisgar uma vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016 já no Mundial, ficando entre os três primeiros. Para chegar à competição, os atletas terão de disputar o Pré-Olímpico, em junho de 2016.

Pacquiao - Além das eliminações, o terceiro dia do Mundial de Doha foi marcado pela presença do hexacampeão mundial Manny Pacquiao. O filipino assistiu às lutas do dia em sua primeira vez no Oriente Médio e mostrou o desejo de lutar no Catar.

“É a minha primeira vez no Oriente Médio, e apesar de estar aqui para uma visita rápida, gostaria muito de voltar e passar mais tempo aqui. As pessoas são muito calorosas e receptivas. Adoraria ter minha próxima luta aqui no Catar”, disse o pugilista.

Deixe seu comentário