Uran vence nona etapa; Geraint e Porte sofrem acidente

São Paulo, SP

09/07/17 | 16:18

Christopher Froome mantém a camiseta amarela (Foto: AFP/PHILIPPE LOPEZ)

O colombiano Rigoberto Uran foi o ciclista mais rápido na nona etapa da Volta da França. Ele precisou de 5h07min22 para realizar o percurso de 181,5 km entre as comunas francesas de Nantua e Chambéry, neste domingo. Uran foi seguido pelo dono da casa Warren Barguil e pelo atual detentor da camisa amarela, o britânico Christopher Froome.

"Eu não tinha certeza se tinha ganhado ou não. Quando me disseram que ganhei, fiquei muito feliz”, disse Uran. “Foi uma grande ocasião para mim, principalmente depois de tantas coisas que aconteceram hoje, como o acidente de Richie Porte”, continuou.

O holandês Robert Gesink, o britânico Thomas Geraint e o australiano Richie Porte abandonaram a prova depois de diferentes quedas. Porte foi o quinto colocado na competição de 2016 e está fora da disputa deste ano. Thomas quebrou a clavícula e Gesink fraturou a vértebra. Ambos passam bem.

“Para nós, perder Geraint Thomas é uma decepção. Perder Porte é um grande golpe para a corrida. Ninguém quer ver um protagonista desistir assim. Seu acidente foi aterrorizante", afirmou Froome.

O britânico segue na liderança da disputa. Agora, ele soma 38h26min28s, nas nove etapas já cumpridas. O italiano Fabio Aru subiu uma colocação e agora é o segundo, com doze segundos a mais que o número um. O terceiro lugar é do francês Romain Bardet, que tem 38h27min19s.

Nesta segunda-feira acontece o primeiro dia de folga dos atletas. A décima parte da Volta da França acontece nesta terça-feira. Os pilotos devem cumprir os 178 km entre as comunas de Périgueux e Bergerac.

Deixe seu comentário