Campeã aspirante, Sheila Simões projeta novo desafio na 9 de Julho

Leonardo Moric* - São Paulo,SP

23-06-2017 09:00:00

A ciclista Sheila Simões surpreendeu a todos e a si mesma em 2016 e conseguiu sair com a vitória na categoria Aspirante na 70ª Prova Ciclística 9 de Julho já em seu primeiro ano de treinos e disputa. Após a conquista no ano passado, a atleta terá um novo desafio na 71ª edição da tradicional competição realizada nas ruas da cidade de São Paulo, já que se transferiu para a categoria Federado.

Faça sua inscrição para a 71ª Prova 9 de Julho aqui

Presente no Coquetel de lançamento da 71ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, Sheila Simões relembrou o título na categoria Aspirante na edição de 2016. "Eu fiquei muito feliz. Nem acreditei. Eu treinei duro para ganhar. Eu falo para todos que eu ganhei a São Silvestre do ciclismo, para as pessoas terem a noção do tamanho da prova. Quando eu falo isso, todos entendem a dimensão da 9 de Julho. É uma prova clássica", exaltou a atleta.

Com o novo desafio em sua curta carreira no ciclismo, Sheila Simões também falou sobre as mudanças nos treinamentos e das concorrentes. "Mudou bastante. Primeiro pelo nível das adversárias, que treinam muito mais, e segundo pela quilometragem da prova. Ano passado a prova de aspirante foi de 28 km. Este ano eu já largo na categoria federado. Aí já passa para 68,1 km. O treino é diferente", declarou.

Sem condições de viver somente do ciclismo, a atleta comentou sobre a dura rotina de treinamentos, tendo que conciliar a preparação com seu emprego na área de enfermagem. "Eu acordo todos os dias às 4h da manhã, chego na USP às 5h e começo meu treino. Ai eu faço meu treino de segunda a quinta. Na sexta-feira eu tenho o dia de descanso, e sábado e domingo é o dia de treino longo, em estrada. Durante a semana são os treinos curtos, mas isto é só o jeito que é falado, pois são 2h30 de treinamento. É bastante", explicou.

Sheila Simões foi a grande vencedora da categoria Aspirante em 2016 (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Apesar das dificuldades e da dura rotina de treinamentos, neste ano Sheila Simões possui apoio para ter um bom desempenho na 71ª Prova 9 de Julho, já que se juntou à uma nova equipe. A ciclista faz parte do Clube de Ciclismo Amaral (CCA) e conta inclusive um treinador para auxiliar em seu desempenho.

"Neste ano eu faço parte de uma equipe, o Clube de Ciclismo Amaral. É amadora, mas ao mesmo tempo muito profissional. Ela veio para dar uma repaginada nas equipes de ciclismo. É um time que visa o convívio com os ciclistas, família, treino e competição. Esse é o legal. Eu tenho um treinador que me cobra durante os treinamentos e nós temos que levar resultado para a CCA", afirmou.

Apesar da felicidade com a nova equipe, Sheila Simões admitiu que tem pretensões mais modestas para este ano. "A equipe é composta por quatro meninas. Hoje, para as equipes femininas, é muito difícil ter um time grande, com muitas atletas. A gente tem quatro, mas somos um nível um pouco mais para o amador. Eu vou para a prova para fazer o meu melhor. Vou tentar ganhar, mas vamos ver no que vai dar", completou.

Realizada no feriado em memória da deflagração da Revolução Constitucionalista de 1932, a Prova Ciclística Internacional 9 de Julho chega à sua 71ª edição em 2017. Assim como no ano passado, a competição contará com a disputa das categorias Aspirante, Federado e Elite tanto no masculino quanto no feminino.


especial para a Gazeta Esportiva*

Deixe seu comentário