Campeã entre os adultos, França fatura Mundial Júnior em Minas

São Paulo, SP

01-08-2015 23:03:37

A França vem se consolidando como principal força do handebol masculino. Após faturar o título mundial adulto no começo do ano, no Catar, os franceses conquistaram, neste sábado, o inédito título do Mundial Júnior da modalidade, disputado em Minas Gerais. O caneco veio após vitória sobre a Dinamarca na final, por 26 a 24, na Arena Multiuso Tancredo Neves, o Sabiazinho, em Uberlândia. Já o Brasil terminou a competição em décimo lugar.

Desde o início da decisão, a França se mostrou mais agressiva no ataque, mas a Dinamarca conseguia acompanhar o ritmo respondendo aos gols do adversário com um empate logo em seguida. Aos 15 minutos do primeiro tempo, porém, os franceses abriram vantagem de três gols e foram para o intervalo vencendo por 14 a 11.

Na segunda etapa, os dinamarqueses se aproveitaram do relaxamento francês e foram descontando a diferença aos poucos. A 30 segundos para o fim, o time escandinavo ficou a um gol do empate, mas Florian Billant tratou de liquidar a fatura com mais um gol, garantindo o título para a França.

Segundo o técnico da França, Johann Delattre, o trabalho em equipe foi o diferencial dos campeões: “Fizemos uma grande preparação física, que permitiu que nossos atletas jogassem em alto nível durante todas as partidas. Nosso grupo também é muito forte e temos um trabalho coletivo eficiente”.

O terceiro lugar ficou para a Alemanha, que bateu o Egito em uma dramática partida, por 35 a 34, após duas prorrogações.

Após o título francês, a Federação Internacional de Handebol (IHF, na sigla em inglês) homenageou os melhores atletas da competição. Julien Meyer, da França, foi eleito o melhor goleiro do Mundial. Na ponta esquerda, o sueco Jerry Tollbring foi o escolhido, enquanto na direita Johan Hansen foi premiado. O armador alemão Simon Ernst ganhou na esquerda, Florian Delecroix, da França, levou na direita, e o egípcio Mohab Hossam Mohamed levou a condição de melhor armador central. Já o dinamarquês Simon Hald Jensen foi considerado o mais eficiente na posição de pivô.

O artilheiro do campeonato foi o ponta esquerda romeno Nicusor Negru. Já o melhor jogador do campeonato foi também o armador direito francês Florian Delecroix.

Deixe seu comentário