Trump insulta LeBron e primeira-dama sai em defesa do astro do Lakers

São Paulo, SP

05-08-2018 15:24:33

O presidente norte-americano Donald Trump voltou a colocar o nome de Lebron James no foco - e sem poupar polêmicas. No último sábado, em suas redes sociais, ele não só insultou o atleta, questionando sua inteligência, como também ofendeu Don Lemon, jornalista da CNN que entrevistou o astro do Lakers.

"Lebron James acabou de ser entrevistado pelo homem mais idiota da televisão, Don Lemon. Ele fez o LeBron parecer inteligente, o que não é algo fácil de fazer. Eu gosto de Mike", escreveu Trump em seu, twitter em referência a Michael Jordan.

A polêmica começou depois que, durante a entrevista para a CNN, Lebron defendeu que Trump usa o esporte para dividir as pessoas. "E isso é algo que eu não concordo, porque eu sei que no esporte foi a primeira vez em que estive ao redor de alguém branco", recordou LeBron. Quando perguntado o que ele diria a Trump se eles se sentassem cara a cara, James disse: "Eu nunca me sentaria em frente a ele".

O episódio ganhou um novo capítulo depois que Melania Trump, primeira-dama dos Estados Unidos, saiu em defesa do astro do Lakers. Stephanie Grisham, porta-voz de Melania, declarou que Lebron parece estar trabalhando para fazer coisas boas às próximas gerações e que a primeira-dama estaria disposta a visitar a nova escola de James, inaugurada na última semana, na cidade natal do jogador, em Ohio.

"Como sempre faz, a primeira-dama estimula a todos ter um diálogo aberto sobre os problemas enfrentados pelas crianças atualmente", acrescentou Stephanie. Ao mesmo tempo, segundo o ABC News, uma fonte anônima da Casa Branca afirmou que a declaração não deve ser interpretada como se ela estivesse escolhendo James sobre seu marido.

Concorrente de Trump na última eleição, a candidata democrata Hillary Clinton também defendeu LeBron. "É um atleta de nível internacional, com atos de grande qualidade. Precisamos de mais homens como ele no mundo", tuitou Hillary. Quem também defendeu o atleta foi Michael Jordan. "Eu apoio LJ. Ele está fazendo um trabalho fantástico para sua comunidade", escreveu.

Deixe seu comentário