Sem LeBron e Curry, EUA encerram treinos com exibição em Las Vegas

São Paulo, SP

14-08-2015 08:41:40

Atual bicampeã mundial, a seleção de basquete dos Estados Unidos se dividiu em duas equipes para realizar uma partida de exibição que encerrou o período de treinamentos em que participaram 34 jogadores da NBA. Na lotada quadra da Universidade de Nevada, em Las Vegas, um dos principais destaques foi o pivô DeMarcus Cousins, do Sacramento Kings, ao anotar um duplo-duplo de 24 pontos e 11 rebotes que ajudou o time Branco a vencer o Azul por 134 a 128.

As principais estrelas entre os 34 convocados, como LeBron James, Stephen Curry, James Harden e Kevin Durant, apenas assistiram ao jogo do banco de reservas. Outros sete jogadores da equipe de branco superaram a barreira dos dez pontos, incluindo o pivô Mason Plumlee, nova aquisição do Portland Trail Blazers, que somou 20 tentos e 11 rebotes. O ala Terrence Jones, do Houston Rockets, deixou a quadra sendo o terceiro cestinha do time Branco, com 18 acertos.

Destaque também para Klay Thompson, campeão da NBA pelo Golden State Warriors, responsável pelos melhores dribles da noite, e para o ala-pivô do Los Angeles Clippers, Blake Griffin, que somaram 15 pontos cada.

Pelo time Azul, brilhou a figura do pivô Andre Drummond, do Detroit Pistons, que foi o cestinha da partida ao cravar um duplo-duplo de 27 pontos e 16 rebotes. Victor Oladipo, do Orlando Magic, também merece registro, já que deixou a quadra com números impressionantes: 25 tentos, nove reobtes, cinco assistências e duas roubadas de bola.

“Foi uma grande festa, com jogadas espetaculares, que nos permitiram encerrar os treinamentos de uma maneira muito positiva, como começamos, todos unidos pela nova cultura de apoio e entrega à equipe nacional”, declarou Jerry Colangelo, diretor-executivo da seleção dos Estados Unidos.

“Os jogadores que estiveram em quadra deram um espetáculo e todos nos divertimos, além de confirmar a grande família que temos formado dentro do time nacional. Isso nos será de grande valor frente às próximas equipes nacionais que formaremos para o Rio 2016 e para o próximo Campeonato Mundial”, reiterou Colangelo.

Deixe seu comentário