Mais Esportes/Basquete

Rockets são surpreendidos, mas vencem Pistons na prorrogação

São Paulo , SP
22/03/2018 23:41:31 — 23/03/2018 02:16:03

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA
Rockets ocupam a liderança isolada da Conferência Oeste (Foto: Bill Baptist/NBAE via Getty Images/AFP)

Dono da melhor campanha desta temporada da NBA, o Houston Rockets teve trabalho para vencer o Detroit Pistons nesta quinta-feira. Após um primeiro quarto equilibrado, o time da casa se impôs e abriu vantagem, porém, os Pistons não desistiram em nenhum momento e acabaram forçanado o tempo extra. Na prorrogação, James Harden, o Barba, acordou e liderou a franquia do Texas rumo à mais uma vitória, desta vez por 100 a 96. Com o resultado, os Rockets chegaram ao sétimo triunfo seguido.

O próximo compromisso do líder da NBA acontece neste sábado, às 21h (de Brasília), novamente em casa contra o New Orleans Pelicans. No mesmo dia, porém mais cedo, às 20h (de Brasília), os Pistons recebem o Chicago Bull.

Os anfitriões começaram a partida em um ritmo lento. James Harden não teve um bom início de jogo e errou todos os cinco arremessou que tentou. O time de Detroit aproveitou o momento para abrir vantagem e terminou o primeiro quarto na frente por 27 a 21.

No início do segundo período, os Rockets subiram de produção e virou o placar do duelo. A partir deste momento, o equilíbrio reinou em quadra, com ambos os times se alterando na liderança do marcador, mas foi a equipe visitante quem levou a vantagem para o intervalo: 50 a 48.

O Houston assumiu a ponta no início do terceiro período mais uma vez, mas o jogo seguia duro e parelho. No fim da parcial, vantagem de três pontos para os donos da casa, com destaque para os 16 pontos de Eric Gordon. Os Rockets chegaram a ter um bom momento e a abrir frente, faltando 6min40 para o fim do jogo.

No entanto, os Pelicans buscaram o resultado, empataram o jogo, que precisou ser decidido no tempo extra. James Harden finalmente apareceu bem para o Houston, que abriu três, faltando menos de três minutos para o fim do tempo extra. Com apenas 25 segundos restantes, o time da casa conseguiu abrir oito pontos de frente, decretando o sofrido triunfo.

Com direito a recorde e show e Walker, Hornets batem Grizzlies

Kemba Walker foi o destaque do jogo com 46 pontos (Foto: Kent Smith/NBAE via Getty Images/AFP)

Abrindo a noite da NBA, o Charlotte Hornets recebeu o Memphis Grizzlies e venceu por uma larga diferença no placar: 140 a 79. A margem de pontos foi de 61 pontos e é a sexta maior na história do torneio dos Estados Unidos. A líder do ranking é a marca do Cleveland Cavaliers de 68 pontos sobre o Miami Heat em 1991.

O destaque da partida foi Kemba Walker, que anotou 46 pontos e em apenas três quartos e atingiu impressionante feito na carreira.

O time de Charlotte volta às quadras no próximo sábado, quando visita o Dallas Maverick, às 21h30 (de Brasília). Meia hora antes, será a vez da equipe de Memphis entrar em ação, ao receber o Los Angeles Lakers.

Os Hornetts já começaram o jogo e os Grizzlies perderam o primeiro quarto do confronto por 37 a 14 e com shoe Walker, com 17 pontos anotados. No segundo período, o jogador alcançou a incrível marca de 1.000 bolas de três na carreira terminou o primeiro tempo com 35 pontos em 17 minutos dentro da quadra.

O passeio continuou e na metade do terceiro quarto, Walker já tinha 41 pontos marcados. Mais dez minutos em quadra e Kemba alcançou a 10ª bola de três no jogo e 46 pontos. A dois minutos do fim da partida, os anfitriões tinham 63 pontos de diferença no marcador. Sofreram apenas dois, mas o massacre estava estabelecido.

Confira outros resultados da rodada:

Orlando Magic 98 x 118 Philadelphia 76ers

New Orleans Pelicans 128 x 125 Los Angeles Lakers

Dallas Mavericks 112 x 119 Utah Jazz