Basquete/Jogo das Estrelas

Premiada em Franca, Clarissa divide atenções entre WNBA e LBF

Bruno Ceccon, enviado especial - Franca , SP -
07/03/2015 16:28:00

Em: Basquete, Mais Esportes

Embora já tenha algumas dicas da amiga Damiris sobre a WNBA, Clarissa evita pensar em seu futuro no Chicago Sky. Premiada como melhor em quadra no Jogo das Estrelas, realizado em Franca neste sábado, a jogadora procura manter o foco na disputa da Liga de Basquete Feminino (LBF) pelo Americana.

“Só vou para a WNBA depois da LBF, ainda tem um caminho longo e quero me concentrar no próximo passo. Por enquanto, minha cabeça está aqui no Brasil mesmo, na LBF. Vamos continuar fazendo bons jogos para que o time possa chegar forte nos playoffs”, afirmou.

Com uma campanha de 15 vitórias e uma derrota, Americana ocupa a segunda colocação no torneio nacional feminino, atrás apenas do América. No time do interior paulista, Clarissa tem a companhia da amiga Damiris, que defende o Minnesota Lynx na temporada da WNBA.

“A Clarissa merece, é uma grande parceira que eu tenho. Vejo todo o trabalho que ela faz no cotidiano. Treina, treina, treina. Às vezes, até puxa a minha orelha. Gosto bastante dela e estou muito feliz. Espero que dê tudo certo e que ela possa ficar no Chicago”, afirmou Damiris, também selecionada para o Jogo das Estrelas.

Apesar de priorizar a LBF, Clarissa já ouviu algumas dicas da amiga. “A gente sempre conversa e a Damiris conta um pouco do que acontece lá. São times diferentes, mas o padrão é parecido. Uma sempre ajuda a outra e nos Estados Unidos não vai ser diferente”, afirmou.

Das mãos de Hortência, Clarissa recebeu o prêmio de melhor atleta em quadra no Jogo das Estrelas?
Das mãos de Hortência, Clarissa recebeu o prêmio de melhor atleta em quadra no Jogo das Estrelas? – Credito: William Lucas/Inovafoto
Na tarde deste sábado, Clarissa e Damiris mantiveram a parceria e defenderam juntas o time brasileiro no Jogo das Estrelas da LBF. Inspirada, a futura jogadora do Chicago Sky, dona da camisa de número 10, foi premiada como a melhor em quadra no triunfo por 78 a 73 sobre as estrangeiras.

“Foi uma ótima semana. Sempre agradeço a Deus por me proporcionar esses momentos e por fazer aquilo que gosto. Estamos trabalhando duro e o que acontece é consequência disso. Dou o melhor pelo time que estou defendendo, independentemente de qual seja”, afirmou a MVP.

Pela primeira vez, a Liga Nacional de Basquete (LNB) e a LBF promoveram o Jogo das Estrelas de forma conjunta, com homens e mulheres reunidos no Ginásio Pedrocão, em Franca. Os torneios individuais foram realizados na última sexta-feira e as partidas amistosas, neste sábado.

*O repórter viaja a convite da Liga Nacional de Basquete (LNB)