NBA

Basquete/NBA

Pistons mantêm vice-liderança; Knicks perdem sem Porzingis 

São Paulo , SP
09/11/2017 01:27:24

Em: Basquete, NBA
Tobias Harris foi um dos destaques dos Pistons (Foto: Brian Sevald/NBAE via Getty Images/AFP)

O Detroit Pistons segue surpreendendo a todos na NBA. Nesta quarta-feira, a franquia enfrentou o Indiana Pacers e, com o apoio de sua torcida, venceu por 114 a 97

Com o resultado, os Pistons mantiveram a segunda colocação da Conferência Leste. Agora, a franquia de Detroit possui oito vitórias e três derrotas. Último time presente no grupo de classificação aos playoffs, os Pacers podem perder a posição para Cleveland Cavaliers e Charlotte Hornets ao final da rodada.

Com um bom jogo coletivo, os Pistons tiveram mais de um jogador pontuando mais de 10 pontos: Tobias Harris, Avery Bradley, Reggie Jackson, Andre Drummond e Langston Galloway. Apostando na força de seu elenco, a franquia não abusou de bolas de três pontos, trabalhou bem a bola e conseguiu conter as investidas dos Pacers.

Apesar de atuarem sua casa, na Little Caesars Arena, os Pistons começaram o primeiro tempo em ritmo mais lento. No primeiro quarto, anotaram oito pontos a menos que os Pacers, e cometeram alguns erros simples. Já no segundo quarto, a equipe anotou incríveis 15 pontos a mais que o adversário e passou a liderar o placar.

Magic venceu os Knicks (Foto: Fernando Medina/NBAE via Getty Images/AFP)

Porzingis não joga e Knicks perdem – Vindo de três vitórias consecutivas, o New York Knicks teve vida difícil contra o Orlando Magic, na noite desta quarta. Atuando fora de casa, no Amway Center, os Knicks não conseguiram manter o bom ritmo apresentado nas partidas recentes e perderam por 112 a 99. 

A franquia de Nova Iorque não contou com Kristaps Porzingis, estrela da equipe, na partida desta quarta. O ala-pivô foi poupado pelo técnico Jeff Hornacek horas antes do duelo por conta de dores no tornozelo e no cotovelo. Nesta temporada, Porzingis tem média de 30 pontos por jogo e é esperado por Hornacek para atuar na partida do fim de semana, contra o Sacramento Kings.

Os Knicks sentiram falta do jogador da Letônia no setor ofensivo, desperdiçando chances claras e forçando jogadas com Tim Hardaway, melhor pontuador da equipe no primeiro tempo, com 13 pontos. Pelo lado da franquia de Orlando, Nikola Vucevic e Aaron Gordon assumiram a responsabilidade e comandaram a equipe no ataque.