Basquete/ NBA

Kyrie Irving é apresentado nos Celtics: “Algo maior que eu mesmo”

São Paulo , SP
01/09/2017 15:24:34 — 01/09/2017 15:34:19

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA

Nesta sexta-feira, a contratação mais badalada da temporada da Liga Norte-Americana de Basquete (NBA) foi apresentada oficialmente. Kyrie Irving vestiu a camisa e falou pela primeira vez como jogador do Boston Celtics, destacando que tomou a decisão de deixar o Cleveland Cavaliers por conta de um grande sonho. A cerimônia de apresentação, que contou com a presença do também recentemente contratado Gordon Hayward, foi sediada no TD Garden e contou com um grande número de membros da imprensa.

Envolvido em uma troca com os Cavs, que receberam Isaiah Thomas, Jae Crowder, Ante Zizic, além de escolhas no draft, Kyrie ressaltou o desejo de títulos pela equipe alviverde. Novo camisa 11 do time de Massachusetts, o jogador de 25 anos exaltou a história do maior campeão da história da NBA, com 17 conquistas.

Armador chega para defender a segunda franquia da carreira (Foto: Omar Rawlings / Getty Images/ AFP)

“Era a minha vez de fazer o que é melhor para mim e ir atrás de algo maior que eu mesmo, pra alcançar meu potencial. Já pedi ao Danny (diretor geral dos Celtics) para ver algumas das fitas VHS dos títulos conquistados pela franquia”, declarou o astro quatro vezes chamado para o time da temporada (All-Star Games).

“Eu estou muito agradecido e mal posso esperar para entrar em quadra. O Boston chegou na hora exata. Era para ser desse jeito”, completou.

Draftado como primeira escolha dos Cavs em 2011, Kyrie dedicou seis anos de sua vida à franquia de Ohio. Com um anel de campeão (2015/16) e três finais consecutivas do maior torneio de basquete do planeta (2015, 2016 e 2017), o ex-parceiro do ala LeBron James ocupa o rol dos maiores jogadores da atualidade.

Gordon Hayward é apresentado ao lado de Irving (Foto: Omar Rawlings / Getty Images/ AFP)

Sem o alarde da chegada do ex-jogador do Cleveland, outro grande reforço também foi apresentado nesta sexta pelo Boston. Trata-se do ala Gordon Hayward, que brilhou pelo Utah Jazz na última temporada, sendo convocado pela primeira vez para o All-Star Games.

A chegada do Capitão América aos Celtics se deve muito a Brad Steves. Entre 2008 e 2010, o treinador trabalhou junto com Hyaward quando comandava a universidade de Butler.

“O treinador Stevens foi a primeira pessoa a me fazer acreditar que um dia eu poderia chegar à NBA”, exaltou o novo camisa 20 dos alviverdes, que também falou sobre uma estranha coincidência com Kyrie além da apresentação no mesmo dia. “Acredito que é o destino, nós dois fazemos aniversário no mesmo dia: 23 de março”.