Jogador francês veste camiseta em homenagem ao jornal Charlie Hebdo

São Paulo, SP

09-01-2015 12:46:00

O ala-armador do Portland Trail Blazers, o francês Nicolas Batum, vestiu uma camiseta, em homenagem as vítimas do ataque terrorista ao jornal Charlie Hebdo, momentos antes da partida contra o Miami Heat, na última quinta-feira, pela temporada regular da NBA. “Je Suis Charlie” (Eu sou Charlie) era a frase estampada na peça, prestando solidariedade ao veículo e aos familiares dos mortos no atentado da última quarta-feira.

O ala-armador do Portland Trail Blazers, o francês Nicolas Batum, vestiu uma camiseta, em homenagem as vítimas do ataque terrorista ao jornal Charlie Hebdo, momentos antes da partida contra o Miami Heat, na última quinta-feira, pela temporada regular da NBA. “Je Suis Charlie” (Eu sou Charlie) era a frase estampada na peça, prestando solidariedade ao veículo e aos familiares dos mortos no atentado da última quarta-feira.

Após o ataque que vitimou 12 pessoas na sede do jornal, conhecido por suas charges, a mensagem vem se espalhando pela continente europeu. O próprio site do Charlie Hebdo publicou a expressão, que foi parar até no renomado Le Monde. Ela também aparece nos cartazes dos manifestantes que foram às ruas protestar contra o terrorismo. No futebol, o Bayern de Munique publicou foto de seu elenco com a # JeSuis Charlie.

De volta ao basquete, os Blazers saíram vitoriosos diante do Heat por 99 a 93. Com o resultado, o Portland alcançou a 28ª vitória na temporada, mesmo número da equipe de melhor campanha, o Golden State Warriors. No entanto, o time de Oregon tem derrotas a mais (8) e figura na vice-liderança da Conferência Oeste, com um aproveitamento de 77,8%. Já a franquia da Flórida amargou a 21ª derrota em 36 jogos (41,7%) e aparece no oitavo lugar do Leste.

O francês Nicolas Batum prestou homenagem às vítimas e ao Charlie Hebdo
O francês Nicolas Batum prestou homenagem às vítimas e ao Charlie Hebdo - Credito: Reprodução/Twitter

O próximo desafio de Nicolas Batum e companhia será o Orlando Magic, na madrugada de domingo, 01h00 (de Brasília), enquanto o Miami Heat vai a Los Angeles encarar os Clippers, no mesmo dia, só que ás 18h30 (de Brasília).

Deixe seu comentário