Mais Esportes/Basquete

Celtics são surpreendidos, mas batem Bucks na prorrogação do Jogo 1

São Paulo , SP
15/04/2018 17:42:33 — 15/04/2018 17:44:15

Em: Basquete, Mais Esportes, NBA
Celtics vão em busca do 18º título (Foto: Brian Babineau/NBAE via Getty Images/AFP)

Foi difícil, mas o Boston Celtics confirmou seu favoritismo.  Abrindo as partidas dos playoffs da NBA deste domingo, O vice-líder da Conferência Leste recebeu o Milwaukee Bucks e foi surpreendido. Após um duelo extremamente equilibrado, os anfitriões precisaram da prorrogação para sair com a vitória pelo placar de 113 a 107 (99 a 99 no tempo normal).

O empate dos Bucks, inclusive, veio faltando meio segundo para o fim do jogo. Os Celtics venciam por 99 a 96, quando Middleton fez milagre e achou a cesta de três, que precisou ainda da análise da arbitragem. No tempo-extra, o Boston se impôs e levou a melhor depois de muito suor.

O destaque do confronto foi Al Horford que, depois de um primeiro quarto apagado, acordou e liderou o Boston, sendo o cestinha do time com 24 pontos anotados e 12 rebotes. Além dele, se destacaram Tatum com 19 pontos e 10 rebotes, Jaylen Brown com 20 pontos e Rozier que marcou outros 23.

Pelo lado dos Bucks, Antetokounmpo também começou apagado, mas reagiu e foi decisivo. Só no segundo quarto ele marcou 12 pontos e terminou o jogo com 35, além de 13 rebotes e sete assistências. Logo atrás dele, ficou Khris Middleton anotou 31 pontos, oito rebotes e seis assistências, fazendo juntos quase 70% dos pontos da equipe.

Em busca de seu 18º título da competição, os Celtics abrem 1 a 0 na série de melhor de sete jogos. O próximo confronto acontece nesta terça-feira, às 21h (de Brasília), novamente em Boston.

Al Horford e Antetokounmpo foram os destaque do jogo (Foto: Brian Babineau/NBAE via Getty Images/AFP)

O Boston começou melhor, pressionando na defesa e achando espaços no ataque. Com pouco mais da metade do quarto inaugural jogado, os Bucks viraram e passaram à frente pela primeira vez. O jogo ficou lá e cá, bastante equilibrado, com as equipes se alternando na liderança do marcador. Com menos de dois minutos para o fim da parcial, os donos da casa se impuseram, abrindo 28 a 17, a maior diferença até então. Os Celtics ainda marcaram mais um, vencendo o primeiro quarto.

Os Bucks voltaram melhor no começo do segundo quarto e aproveitaram erros adversários para diminuir a diferença para quatro pontos. Os visitantes dominavam o jogo e não tardou para virarem o placar. Não só passaram à frente, como abriram oito pontos de frente. O domínio foi total dos Bucks. Faltando dois minutos, o Milwaukee tinha 20 pontos no garrafão contra apenas dois do Boston. E liderados por Antetokounmpo e Middleton, o time visitante deu o troco, venceu a parcial por 30 a 15 e foi para o intervalo com a vantagem no placar: 47 a 44.

Na volta do intervalo, o equilíbrio imperou novamente. No entanto, na metade do terceiro quarto, o Boston voltou ao jogo, encabeçados por Al Horford e Brown, e reassumiu a liderança. A partida era indefinida e a parcial terminou em 70 a 66 para os Celtics.

O quarto período foi ainda mais equilibrado. As equipes se alternavam no placar, assim como Antetokounmpo e Al Horford. O jogo era lá e cá e chegou empatado nos últimos segundos. Faltando dez segundos para o fim, Rozier acertou bola de três e colocou o Boston na frente. Mas para desespero da torcida, Middleton conseguiu um milagre e empatou a partida no estouro do cronômetro, forçando a prorrogação.

No tempo-extra, os Bucks até largaram na frente, mas o Boston respondeu imediatamente e logo virou o jogo. Abriu três pontos no minuto final e acabou ainda sofrendo falta. Antetokounmpo errou um lance livre e foi eliminado por faltas, vendo do banco Rozier converter seus lances livres e sacramentar a vitória.