Banido da NBA, ex-jogador do Dallas Mavericks morre aos 50 anos

São Paulo, SP

10-01-2015 12:07:00

Por problemas com drogas, Roy Tarpley teve sua carreira na NBA abreviada. Na última sexta-feira, aos 50 anos de idade, o ex-pivô do Dallas Mavericks faleceu no Arlington Memorial Hospital, perto de Dallas. A causa da morte não foi divulgada pela instituição.

Por problemas com drogas, Roy Tarpley teve sua carreira na NBA abreviada. Na última sexta-feira, aos 50 anos de idade, o ex-pivô do Dallas Mavericks faleceu no Arlington Memorial Hospital, perto de Dallas. A causa da morte não foi divulgada pela instituição.

Roy Tarpley foi a sétima escolha do draft de 1986 e defendeu os Mavericks até outubro de 1991, quando acabou expulso da NBA por usar cocaína. Ele jogou na Grécia até 1994, ano em que acabou readmitido pela liga profissional de basquete dos Estados Unidos.

Em seu retorno à NBA, o jogador assinou um contrato de US$ 20 milhões por seis anos com o Dallas Mavericks, mas foi banido definitivamente da liga em 1995 por abusar do álcool. Em 280 partidas, Tarpley conseguiu média de 12,6 pontos e 10 rebotes.

Após encerrar a carreira na NBA, o jogador passou por Grécia, Chipre, Rússia e China. Pelo Twitter, Mark Cuban, proprietário dos Mavericks, lamentou o falecimento do ex-pivô. “Nossas condolências à família de Roy Tarpley. Descanse em paz, Roy. Os fãs dos Mavs sempre lembrarão de você com carinho”, escreveu.

Torcida do Dallas Mavericks, hoje defendido por Nowitzki, está de luto pela morte de Tarpley. Foto: Ronaldo Martinez
Torcida do Dallas Mavericks, hoje defendido por Nowitzki, está de luto pela morte de Tarpley. Foto: Ronaldo Martinez - Credito: AFP

Deixe seu comentário