Atual tricampeão, Pablo Cuevas também avança no Aberto do Brasil

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

28-02-2018 21:21:09

Pablo Cuevas foi outro favorito a confirmar presença nas quartas de final do Aberto do Brasil nesta quarta-feira. Atual tricampeão do torneio, o uruguaio enfrentou o jovem Sebastian Ofner, mas se engana quem pensa que ele não teve qualquer dificuldade na quadra central do ginásio do Ibirapuera. Vindo do qualifying, o austríaco vendeu caro a derrota por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (7 a 4), ao cabeça de chave número três da competição, que agora terá pela frente o argentino Leonardo Mayer.

Após sair derrotado em sua estreia no Aberto de Buenos Aires para Gael Monfils e parar nas quartas de final do Aberto do Rio de Janeiro ao ser derrotado pelo chileno Nicolas Jerry, Pablo Cuevas espera seguir a tradição de ir bem em São Paulo e levantar o troféu do torneio pela quarta vez consecutiva.


O jogo – Sebastain Ofner ofereceu certa resistência a Pablo Cuevas no primeiro set. Ciente do histórico do rival em São Paulo, o austríaco começou sacando muito bem, dificultando a devolução do uruguaio, que teve de ter paciência para assegurar a primeira parcial. Somente no oitavo game, depois de desperdiçar seu primeiro breakpoint, o atual tricampeão do Aberto do Brasil assumiu a frente. Em seguida, sofreu a quebra, porém, o adversário vindo do qualifying não conseguiu evitar que Cuevas novamente anulasse seu serviço e, desta vez, garantisse a vitória na primeira parcial por 6/4.

A tônica do primeiro set se repetiu na parcial seguinte. Pablo Cuevas seguiu com um bom aproveitamento no primeiro serviço e pressionou o adversário quando serviu para o jogo – logo no segundo game de Ofner sacando, o uruguaio teve dois breakpoints, mas não conseguiu a quebra. Além de não aproveitar as chances para abrir vantagem, o cabeça de chave número três do torneio também teve de lidar com o fato de o rival austríaco ter se encontrado em quadra e, inclusive, mostrado ousadia para subir à rede e pontuar.

No sétimo game, Ofner aproveitou o bom momento para tentar assumir a frente no marcador. Sacando, Cuevas viu seu adversário encaixar bem as devoluções e chegar a abrir 30/15. O cabeça de chave número três do torneio, no entanto, tratou de restabelecer em quadra e, com um smash, não deu qualquer chances de resposta para o austríaco, retomando a frente na parcial. Sem se abalar, o tenista de 21 anos vindo do qualifying seguiu confirmando seus serviços com ótimos saques e acabou forçando o tie-break no segundo set.

No período decisivo, Sebastian Ofner começou servindo para o jogo e não encontrou qualquer problema para abrir 3 a 0, mantendo o ótimo aproveitamento de saque. Cuevas, por sua vez, não ficou atrás e também mostrou que seu adversário teria que suar caso quisesse levar a partida para o terceiro set. No final, acabou pesando a experiência do uruguaio, que se aproveitou das falhas rivais para assegurar a classificação ao fechar o jogo em 7/6 (7 a 4).

Deixe seu comentário