Norte-americano bate Powell nos 60m e brasileiros têm noite discreta

São Paulo, SP

19-03-2016 02:13:50

Jovem Trayvon Bromell (à direita) conquista medalha de ouro em Portland (Foto: Mark Ralston/AFP)
Jovem Trayvon Bromell (à direita) conquista medalha de ouro nos 60m em Portland (Foto: Mark Ralston/AFP)

Os representantes do Brasil que competiram nesta sexta-feira tiveram desempenho apenas discreto no Mundial Indoor realizado em Portland. Já o norte-americano Trayvon Bromell, de apenas 20 anos de idade, conquistou a medalha de ouro nos 60m.

Apoiado pela torcida local, Bromell cravou a marca de 6s47. Assim, o jovem competidor dos Estados Unidos superou o experiente jamaicano Asafa Powell (6s50). A medalha de bronze ficou nas mãos de Ramon Gittens (6s51), representante de Barbados.

Três brasileiros competiram nesta sexta-feira. Na final do arremesso de peso, Darlan Romani acabou na 18ª colocação com a marca de 18,50m, novo recorde nacional. Com dificuldades para se adaptar à área do ginásio, ele validou apenas a primeira tentativa, queimando as outras duas. O ouro ficou com o neozelandês Tomas Walsh (21,78m).

Já Eliane Martins, na decisão do salto em distância, queimou suas três tentativas e não conseguiu marcar em Portland. Com o registro de 6,22m, a norte-americana Brittney Reese conquistou a medalha de ouro da modalidade, para alegria dos torcedores em Portland.

Para completar o dia dos brasileiros no Mundial Indoor, Fabiana Moraes disputou a terceira série das preliminares dos 60m com barreiras e terminou na quarta colocação com o tempo de 8s28, insuficiente para avançar. A norte-americana Kendra Harrison (7s81) ganhou a série.

Deixe seu comentário