CBAt moderniza identidade visual e se reposiciona no mercado

Theo Certain - São Paulo , SP
14/03/2019 13:28:45 — 14/03/2019 16:16:56

Em: Atletismo, Mais Esportes

Nesta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) apresentou sua mais nova identidade visual, em ação que tem como principal objetivo dar uma nova cara à entidade e re-situá-la no mercado esportivo. Ocorrido em São Paulo (SP), o evento contou com a presença de atletas e ex-atletas de nome do Brasil, como a ex-saltadora com vara Fabiana Murer, o ex-velocista André Domingos e o saltador em distância Duda da Silva.

A nova logomarca da CBAt ganha um formato mais simples e moderno. A nova composição de linhas faz alusão à tradicional pista de atletismo, que era o elemento mais marcante do antigo símbolo, utilizado desde o ano de 2000. A mescla de ângulos retos e cantos arredondados enaltece a diversidade do esporte, enquanto a interligação das letras diz respeito à união do mesmo. Não a toa, o slogam do projeto é: “Porque Todo Brasileiro Vive o Atletismo”.

“Muitas foram as motivações para o desenvolvimento do trabalho, como rejuvenescer a marca, aumentar o número de fãs do atletismo, se aproximar dos consumidores e clientes, ampliar atuação no mercado, diversificar receitas, viabilizar novos produtos e melhorar o portfólio de eventos e serviços da entidade”, disse o presidente da confederação, Warlindo Carneiro da Silva Filho.

O projeto da nova identidade visual, tal como o reposicionamento da marca no mercado, são de responsabilidade de João Gabriel Leite, gerente de marketing da CBAt. Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, ele explicou como pretende ampliar o leque de atuação da entidade, re-afirmando que o processo de modernização obedece a uma inclinação global.

“Nosso grande objetivo é passar uma mensagem para o mercado. De que agora temos plataformas bem definidas, territórios bem definidos, que podem ajudar nossos parceiros nos desafios mercadológicos deles. Isso é uma inovação, uma tendência, que o mercado inteiro vai ter que seguir se quiser estar alinhado às demandas”, disse João, que admite a intenção em concretizar a renovação pouco antes dos Jogos Pan-Americanos, que começam em julho, no Peru, e a 500 dias dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020.

A questão principal, porém, é como assegurar que a marca da CBAt continue a evoluir e a se afirmar no mercado após os eventos. Algo que, segundo o gerente de marketing, já faz parte do novo planejamento.

“É claro que o Pan e, principalmente, as Olimpíadas representam um boom no mundo esportivo. Mas queremos manter o nível de atuação após estes eventos também. Queremos estar no dia a dia das pessoas, sejam elas atletas, fãs ou consumidores dos nossos produtos e serviços. Este será o grande desafio”, completou.

(Créditos: Divulgação/CBAt)