Atletismo

Após 30 anos da queda do Muro de Berlim, maratona homenageia vítimas

São Paulo , SP
17/08/2019 20:58:00

Em: Atletismo, Mais Esportes, Notícias

Neste sábado, foi dada a largada para mais uma edição da maratona que homenageia as vítimas da queda do Muro de Berlim, que aconteceu há três décadas. Os atletas percorrerão todos os 160 quilômetros da barreira construída pela Alemanha Oriental.

Em sua oitava edição, a maratona homenageia os 30 anos da queda do Muro (Foto: Tobias Schwarz/AFP)

A ultramaratona está na sua oitava edição e conta com 500 participantes de 32 nacionalidades. A corrida teve inicio às 6 horas (de Brasília) e deve terminar na madrugada de domingo.

O sueco Patrik Gullerstrom, que participou quatro vezes da maratona, falou a respeito da complexidade do evento. “Você sabe que vai ser difícil, mas tem que aceitar e dizer ‘eu ainda posso ir mais longe'”, comentou.

O Portão de Brademburgo e Checkpoint Charlie são apenas dois dos diversos sítios históricos que a competição tem em seu itinerário. “Muitos não fazem isso para correr rápido. Eles leem cada memorial ao longo do percurso”, contou a organizadora Nina Blisse.

Mark Perkins, maratonista britânico, é o recordista do evento. Em 2014, ele terminou a prova em 13 horas e 6 minutos.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com