Alison dos Santos não abandona irreverência e diz: "Quero ser um Piu melhor a cada dia"

Pedro Nascimento - Aracaju,SE

02-01-2022 07:00:15

Alison dos Santos, o Piu, provou nos Jogos Olímpicos de Tóquio que é possível competir em alto nível e manter o sorriso no rosto. Bem humorado, o atleta deu um show dentro e fora da pista na competição, cativando os brasileiros com o seu carisma.

Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, Alison comentou sobre seu comportamento irreverente, garantindo que o bronze nos 400m com barreiras conquistado nos Jogos de Tóquio não alterou sua personalidade.

“Eu sempre falo sobre leveza. Você pode ser muito mais rápido quando está leve. Eu me sinto bem estando descontraído. Obviamente, estava nervoso nos Jogos Olímpicos, mas estava tranquilo, ciente que tinha feito tudo o que podia fazer, só tinha que botar em prática o que vinha treinando”, disse Alison.

“Nada muda, não sou melhor que ninguém aqui por ter uma medalha olímpica. Não tenho por que mudar. Obviamente, tenho uma influência maior pelo o que aconteceu, mas não subiu à cabeça, isso nunca vai acontecer. As amizades são as mesmas, chegaram umas novas. Todo mundo que me conhecia antes vai falar que eu não mudei, pode falar até que fiquei mais chato (risos)”, completou.


Em Tóquio, Alison ficou na terceira posição, atrás do norueguês Karsten Warholm e do estadunidense Rai Benjamin. O desempenho do trio foi tão impressionante que todos bateram o recorde olímpico anterior. Agora, o atleta brasileiro tem como objetivo superar sua marca, preparando-se em ciclo mais curto.

“O ponto positivo é que chega mais cedo, mais rápido. O ponto negativo é que temos menos tempo para treinar, Eu estou muito contente com o que a gente fez agora, mas não quero parar por aqui. Estou muito feliz por ter corrido 46s72, quebrado o recorde olímpico. Sou o terceiro atleta mais rápido da história, só que a gente quer mais. Não queremos ganhar do Warholm ou do Benjamin, queremos ganhar da gente. Queremos evoluir nosso resultado, quero ser um Piu melhor a cada dia”, finalizou o atleta.

No início de dezembro, Alison dos Santos marcou presença no Prêmio Brasil Olímpico de 2021, com cerimônia realizada em Aracaju. O medalhista em Tóquio foi celebrado como o destaque do atletismo nacional no ano.

Deixe seu comentário