Após sete horas de cirurgia, surfista baleado é transferido à UTI

GazetaEsportiva.net - São José,SC

19-01-2015 21:10:00

Depois de passar por mais de sete horas de cirurgia, o surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de São José por volta das 19h40 (de Brasília) desta segunda-feira. Baleado na Guarda do Embaú, em Palhoça, o atleta está em coma induzido e está em estado gravíssimo.

Depois de passar por mais de sete horas de cirurgia, o surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de São José por volta das 19h40 (de Brasília) desta segunda-feira. Baleado na Guarda do Embaú, em Palhoça, o atleta está em coma induzido e está em estado gravíssimo.

Conforme foi dito pelo tio de Ricardo, Mauro da Silva, ao Diario Catarinense, o sangramento da veia cava foi estacado. A equipe médica está no aguardo de uma reação do surfista. O atleta deve permanecer em coma induzido até a terça-feira, quando será avaliado para a possibilidade de uma nova cirurgia.

Ricardinho foi baleado na manhã desta segunda-feira, na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça, por volta das 8h50. O atleta foi atingido por três tiros e acabou encaminhado ao Hospital Regional de São José por um helicóptero.

Dois suspeitos foram detidos por volta das 11h. Um deles é policial militar em Joinville e estava de férias no litoral. O soldado diz que agiu em legítima defesa, alegando que o surfista veio para cima dele com um facão em punho por uma discussão sobre o lugar em que estava parado com o carro.

Ricardo dos Santos, o Ricardinho, em ação nas ondas de Teahupo'o, no Taiti (Foto:Steve Robertson)
Ricardo dos Santos, o Ricardinho, em ação nas ondas de Teahupo'o, no Taiti (Foto:Steve Robertson) - Credito: Divulgação/ASP

Deixe seu comentário