Após lesões, Duda Amorim e Dara são elogiadas em volta aos treinos para o Mundial

São Paulo, SP

15-10-2015 20:49:25

Visando o Campeonato Mundial na Dinamarca, a Seleção Brasileira feminina de handebol passou por uma temporada de treinos na Espanha, entre 4 e 11 de outubro. No retorno, o técnico Morten Soubak elogiou a recuperação de duas das principais atletas do elenco, Duda Amorim e Dara, que voltaram de lesão.

A primeira, atual melhor jogadora do mundo, passou por uma cirurgia no joelho esquerdo. Já Dara é a capitã da equipe, e foi diagnosticada com uma trombose venosa na perna esquerda pouco antes da disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

"Todas as meninas treinaram bem. Para a Duda falta um pouco mais de ritmo de jogo, mas acredito que em dezembro ela já esteja no melhor da forma física. A Dara já está 100%, voltou muito bem. As meninas novas também agradaram bastante. Elas precisam de mais tempo com o grupo, mas fizeram grande trabalho na Espanha", avaliou o treinador dinamarquês.

Além disso, Soubak elogiou todo o período de treinamentos, que em parte foi realizado com a seleção da Suécia. "Os treinos foram muito positivos. Conseguimos trabalhar a parte técnica e tática. Já fizemos esse tipo de atividade em conjunto com a Romênia e a Noruega neste ano e ainda faremos com a Polônia antes do Mundial da Dinamarca. É sempre bom esse tipo de treinamento. A intensidade é muito maior. No geral, a avaliação da semana de treinamentos foi muito satisfatória", declarou.

A equipe voltará às quadras no dia 27 de novembro, para a disputa do Torneio Quatro Nações, em Brasília, onde enfrentará as equipes da Argentina, Eslovênia e a Sérvia, atual vice-campeã mundial. Depois a seleção brasileira embarcará para a Dinamarca, terra-natal de Morten Soubak, onde defenderão o título mundial, conquistado na Sérvia em 2013.

Deixe seu comentário