Após competir nas duplas, Brasil foca em disputa do 4-man no bobsled

São Paulo , SP
20/02/2018 13:46:42 — 20/02/2018 13:49:46

Em: Mais Esportes, Olimpíadas Destaque
Foco da equipe brasileira agora é na disputa do 4-man no bobsled (Foto: Divulgação)

Passada a estreia, a equipe brasileira muda o foco para a disputa mais aguardada do bobsled nos Jogos de Inverno de PyeongChang 2018. Na última segunda-feira, a dupla formada por Edson Bindilatti e Edson Martins terminou em 27º lugar na classificação do 2-man, com o tempo combinado de 2min30s71, naquela que foi a primeira participação do Brasil nessa prova na história da competição olímpica.

Apesar do resultado ruim, a expectativa é a de que o aprendizado com a prova ajude a dar um empurrãozinho a mais no time verde-amarelo, que volta à pista nesta sexta-feira, dia 23, a partir de 21h45 de Brasília, para a disputa do 4-man. A equipe brasileira para esta disputa é formada por  Edson Bindilatti, Edson Martins, Odirlei Pessoni e Rafael Souza.

“A classificação do 2-man foi muito importante porque permitiu uma preparação adicional para o nosso 4-man, que é mais forte. Quanto mais descidas, mais experiência você tem na pista, vai se adaptando e erra menos”, afirmou Edson Bindilatti, piloto do Brasil, que na disputa de duplas ficou à frente de países com tradição nos esportes de inverno, como China, OAR (Atletas Olímpicos da Rússia) e Croácia.

Agora, o foco da equipe está voltado exclusivamente para a prova do quarteto. O 4-man é a categoria principal do bobsled, e o Brasil se classificou para os Jogos na 21ª colocação do ranking internacional, melhor posicionamento que o país já teve ao chegar para a competição olímpica.

Os brasileiros fizeram o melhor ciclo olímpico da história, com resultados expressivos como o bicampeonato na Copa Norte América em 2015 e 2018 e dois bronzes no Mundial de Push (Arrancada) em 2016.

“A gente viu que pode andar com qualquer time do mundo. É claro que sabemos das nossas limitações e temos que melhorar em alguns quesitos para o 4-man, como a pilotagem e a largada. São esses pequenos detalhes que tiram grandes posições”, afirmou Bindilatti.

A competição do bobsled 4-man começará no dia 23 de fevereiro, às 21h45 de Brasília, com duas descidas. As últimas duas baterias serão no sábado, dia 24, também às 21h45 de Brasília.